Setor de turismo cresceu mais de 44% na Bahia em novembro passado (Foto: Ana Paula Cabral/Setur)

As atividades de serviços ligadas ao turismo na Bahia recuaram 7,2%, em outubro,  frente ao mês anterior (com ajuste sazonal), depois de terem registrado variação positiva de 0,8% na passagem de agosto para setembro.  Nessa comparação, o resultado baiano ficou bem abaixo do registrado no país como um todo (1%) e foi o 2º pior entre os 12 estados onde o agregado de turismo é pesquisado separadamente, acima apenas do recuo registrado no Distrito Federal (-10,1%). Os melhores resultados ficaram com Espírito Santo (3,5%), Ceará (2,2%) e Minas Gerais (1,8%).

Entretanto, em todos os confrontos com os mesmos períodos do ano passado, a Bahia teve os melhores resultados do país. Frente a outubro de 2020, o volume das atividades de serviços ligadas ao turismo cresceu 58,3% no estado (frente a 26,9% no Brasil como um todo). No acumulado de janeiro a outubro, o turismo baiano avançou 50% (frente a 20,7% no país). Em ambas as comparações, as 12 unidades da Federação pesquisadas pelo IBGE  mostram crescimentos, mas todos abaixo dos verificados na Bahia.

Nos 12 meses encerrados em outubro (frente aos 12 meses imediatamente anteriores), o volume de serviços ligados ao turismo no estado teve alta acumulada de 31,2% (frente a um indicador nacional de 7,6%). Foi também o melhor resultado dentre os 12 locais pesquisados, num confronto em que apenas São Paulo mostrou recuo (-3,5%).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

catorze + quatro =