Às vésperas da chegada de um novo ano, convido você a refletir sobre as palavras do Rabino Hilel: “: “Se não agora, quando? Se não eu, quem será por mim?”.

Esse pensamento chama atenção para duas atitudes relevantes que influenciam significativamente a realização na vida pessoal e na carreira – a procrastinação e a autorresponsabilidade. A primeira deve ser fortemente evitada, pois trata-se de um hábito comum e muito prejudicial para o alcance de metas e para a concretização de sonhos. Segundo Kerbauy, Doutora em Psicologia Experimental, procrastinar refere-se ao comportamento de adiar tarefas, de transferir atividades para depois, deixar de fazer algo ou até interromper o que deveria ser concluído em um prazo determinado. Esse ato quando frequente, costuma resultar em ansiedade, culpa, perda de produtividade e até mesmo vergonha quando se deixa de honrar compromissos consigo próprio e com os outros.

Já a autorresponsabilidade é a atitude consciente e positiva que impede o indivíduo de terceirizar decisões e ações que lhe cabem, evitando assim o surgimento de expectativas ou fantasias de que outros decidam, escolham e ajam em prol dos interesses e anseios do indivíduo.

O que está em questão nesse momento é: há quanto tempo você vem adiando decisões, mudanças e atitudes que podem lhe conduzir para um patamar mais alto de realização e satisfação com a própria vida?

Somente você pode construir a carreira tão sonhada e a vida que almeja.

Se você está insatisfeito com a vida que vem levando, dê um basta na procrastinação. Pare de deixar para fazer algo importante por você, somente no futuro. Evite condicionar ações relevantes para seu bem-estar e felicidade a acontecimentos vindouros, quando por exemplo, você se casar, quando os filhos crescerem, quando se aposentar ou quando tiver tantos milhões na conta ou…

Hoje, no penúltimo dia do ano de 2021, quero lhe alertar, que você não tem todo o tempo do mundo para realizar o que deseja e colher os frutos que merece. Assuma o compromisso com você mesmo, de cessar de uma vez por todas a procrastinação das iniciativas que trarão contentamento, autorrealização e a paz de espírito de quem fez o que precisava ser feito.

A vida é agora!

Feliz e próspero 2022!

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro × 1 =