Qual a diferença entre conta corrente e poupança?

Para saber a diferença entre conta corrente e conta poupança, acompanhe a nossa matéria completa sobre o assunto abaixo, confira. Atualmente, existem várias modalidades de conta corrente e de conta poupança, ou seja, você pode ter este tipo de conta tanto em bancos tradicionais como também em bancos digitais com diferentes características.

Se você quer saber mais sobre essas contas e também entender as diferenças entre elas, acompanhe uma matéria completa sobre o tema abaixo. Veja!

Diferenças básicas entre conta corrente e poupança

Antes de mais nada, saiba que a corrente e a conta poupança possuem algumas diferenças básicas entre si.

Dessa forma, a principal delas é que a conta poupança funciona como um “cofrinho” mesmo. Ou seja, ela é direcionada para que você guarde uma parte do seu dinheiro e não o movimente sempre.

Já a conta corrente é uma modalidade de conta direcionada para os seus recebimentos mensais. Desse modo, através da conta corrente você pode realizar o pagamento de contas, fazer transferências, cadastrar contas em débito automático, entre outras ações.

Sob o mesmo ponto de vista, com a conta corrente você pode solicitar cheques, pedir o seu cartão de crédito e até mesmo ter acesso a serviços do banco, como financiamentos e consórcios.

A conta corrente é interessante para o seu dia a dia, ou seja, para você gastar, investir ou utilizar o seu dinheiro como bem entender.

Já a conta poupança deve ser voltada para você guardar uma parte do seu dinheiro. Atualmente, recomendamos aos nossos leitores que sempre tenham algum valor guardado ou aplicado . Desse modo, o ideal é que você guarde, no mínimo, 30% daquilo que você ganha.

Assim, poderá sempre ter um dinheirinho para alguma situação de emergência ou algum contratempo que surgir.

A conta corrente e poupança possuem muitas tarifas?

Normalmente, a conta poupança não possui nenhum tipo de cobrança de tarifa. Já a conta corrente pode ou não ter tarifas, depende da modalidade de conta e/ou do banco que você utiliza.

Os bancos digitais costumam não cobrar nenhum tipo de taxa para conta corrente. No entanto, certifique-se disso antes de abrir a sua conta.

O que vale mais a pena? Conta corrente ou conta poupança?

Conforme você pode ver acima, não existe uma modalidade de conta pior ou melhor para você. Nesse sentido, a conta corrente ou conta poupança possuem características distintas e cada uma delas vai poder te atender de uma forma específica.

Portanto, a nossa recomendação é que você tenha uma conta de cada tipo. Ou seja, tenha uma conta corrente e outra conta poupança.

Dessa forma, poderá utilizar uma conta para o seu dia a dia, para pagamento das despesas e para as suas demandas diárias. Bem como, terá uma conta para guardar uma parte do seu dinheiro.

Dicas preciosas para você cuidar bem do seu dinheiro

Ao passo que você sabe qual é a diferença entre conta corrente e poupança, veja abaixo algumas dicas para você cuidar do seu dinheiro em qualquer uma dessas contas. Confira!

Faça uma reserva

Antes de mais nada, seja em qual for a conta, você precisa ter uma reserva de emergência. Segundo alguns especialistas, o ideal é ter guardado, pelo menos, seis meses as suas despesas mensais.

Assim, caso ocorra algum problema, dá tempo para você “respirar” e se restabelecer financeiramente.

Cuidado com os cartões de crédito

Sob o mesmo ponto de vista, é imprescindível ter cuidado com o outro vilão do endividamento: o cartão de crédito.

Desse modo, indicamos que você sempre utilize os cartões com cuidado e que jamais comprometa mais de 30% do seu salário com pagamento de faturas de cartão.

Seja conta corrente ou poupança: monitore a conta sempre!

Independentemente de você ter conta corrente, poupança ou as duas modalidades de conta, o ideal é que você sempre monitore os seus gastos.

Atualmente, isso ficou fácil graças aos aplicativos bancários. Portanto, controle os seus gastos, despesas e não se esqueça do conselho das nossas avós: “dinheiro não aceita desaforo”.

Por isso, é necessário muito controle para não se endividar, principalmente nos dias atuais em que a inflação está em alta.

Leia outros conteúdos sobre saúde financeira e veja mais dicas sobre rentabilidade em nosso blog. Ative as nossas notificações e fique por dentro de todos os nossos conteúdos exclusivos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

11 − 1 =