Alban: “O mais importante hoje para toda representação de classe é a união" (Foto: Gilberto Jr/Coperphoto/Fieb)

A Fieb   elegeu nesta segunda-feira (18) a nova diretoria para o quadriênio 2022-2026, com 42 votos válidos, do total de 44. Além de trabalhar para o fortalecimento da atuação das entidades que compõem o Sistema Indústria na Bahia – Fieb, Sesi, Senai, IEL -, a nova gestão da Fieb tem pela frente o desafio de ampliar as ações já consolidadas, com foco nas pequenas e médias empresas industriais e na interiorização. Outras prioridades da nova gestão são ampliar os investimentos em inovação e desenvolvimento de novas tecnologias com foco na indústria do futuro para a Bahia.

Além da presidência da Fieb, Ricardo Alban foi eleito presidente dos conselhos do Serviço Social da Indústria (SESI), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e para a presidência do Centro das Indústrias do Estado da Bahia (Cieb). A nova diretoria é composta de oito vice-presidentes, 18 diretores e 12 suplentes.

A eleição da nova diretoria representa uma renovação de 50% no quadro de vice-presidentes e de 30% na formação da nova diretoria, mantendo a participação de todos os sindicatos que compõem a Fieb.

“O mais importante hoje para toda representação de classe é a convergência e a união. As dificuldades são muito grandes. Já somos poucos, se não nos unirmos, seremos menos ainda”, destacou Alban em seu discurso como presidente reeleito em chapa única.

Ele reiterou que sua nova gestão manterá o mesmo conceito de fortalecimento e defesa dos interesses da indústria, com o apoio de uma equipe profissional que o Sistema Fieb tem na Bahia, “com resultados e entregas reconhecidas nacionalmente”, acrescentou.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezesseis − um =