Villar: "Os números do trimestre mostram o desempenho consistente da companhia"

A Moura Dubeux, maior incorporadora do Nordeste, conforme prévia operacional protocolada quarta-feira (13), na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), lançou cinco empreendimentos no terceiro trimestre de 2021, com valor geral de vendas (VGV) líquido de R$ 336 milhões, alcançando R$ 927 milhões no acumulado de nove meses e R$ 1,4 bilhão nos últimos 12 meses. As vendas líquidas foram de R$ 343 milhões, crescimento de 23,4% em relação ao mesmo período de 2020. Considerando os nove primeiros meses do ano, o volume foi de R$ 971 milhões e R$ 1,2 bilhão nos últimos 12 meses.

“Os números do trimestre mostram o desempenho consistente da companhia, apesar do complexo cenário macroeconômico de nosso país”, pontua Diego Villar, CEO da empresa. O executivo aponta, ainda, outros dados que confirmam o contínuo crescimento da companhia no período.

“O banco de terrenos da Moura Dubeux segue em expansão. No terceiro trimestre, foram adquiridas cinco áreas, que somam VGV potencial de R$ 734 milhões.” A geração de caixa do período foi de R$ 19 milhões, totalizando R$ 59 milhões no acumulado de nove meses e R$ 108 milhões nos últimos 12.

Os cinco empreendimentos lançados no terceiro trimestre somam 756 unidades e são os seguintes: três em Pernambuco, sendo dois em Recife (Novo Lucsim e Parque das Palmeiras) e um na Praia do Serrambi (Casa Isla); um em Natal (Les Amis); e um em Fortaleza, no Ceará (Beach Class Meireles). Os edifícios juntam-se a nove outros lançados no primeiro semestre (Olhar das Dunas, Beach Class Verano, Dumare, Mirage, Moinho, La Vie, Beach Class Solare, Jardino e Hotel Essence), totalizando 2.374 apartamentos no acumulado de 2021.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois × quatro =