Graça e Ondina lideram a alta do preço do aluguel em Salvador

Relatório de inteligência imobiliária da Apsa analisou mais cerca de 5 mil ofertas de locação (Foto: Dvulgação)

Estudo de inteligência imobiliária realizado pela Apsa – líder nacional em gestão de propriedades urbanas – mostra em quais bairros está custando mais para se viver em Salvador e em quais o preço se manteve até abaixo da inflação anual, comparando com valores de um ano atrás, entre agosto de 2020 e agosto de 2021. O maior aumento do aluguel foi no bairro Graça, que subiu 19,9% em 12 meses, passando de R$ R$ 20,91/m para R$ 25,08/ m². Em seguida, vem Ondina, com elevação de 10,4%, indo de R$ 36,98 para R$ 40,83, mantendo o bairro como o de maior valor.

No entanto, outro bairro com preço mais elevado, que é Barra, seguiu o caminho contrário e está com aluguéis anunciados em média 10,1% menores, caindo de R$ 34,34 para R$30,86. Imbuí também teve forte redução, de 22,9%, passando de R$ 25,12 para R$ 19,37. Rio Vermelho também diminuiu 16,9%, indo de R$ 22,65 para R$18,82. Já Caminho das Arvores ficou praticamente sem aumento (0,4%), de R$ 31,00 para R$ 31,12, assim como Pituba (0,5%), que foi de R$ 26,04 para R$ 26,17. Armação cresceu 0,9%, de R$ 30,32 para R$ 30,58.

Entre um dos bairros mais caros para aluguel, como Ondina, que custa R$ 40,83 o metro quadrado, ao mais barato – que é Rio Vermelho, saindo a R$ R$18,82, o inquilino gasta 43,5% a menos. Ou seja, um imóvel de 100 metros quadrados em Ondina tem o valor médio de R$ 4.083,00 de aluguel, enquanto no segundo é possível encontrar imóvel no mesmo tamanho por R$ R$1.882,00.

Para esse estudo, foram analisadas quase 5 mil ofertas de apartamentos de 1 a 4 dormitórios. A título de exemplo, uma análise no bairro Barra mostra que entre as 296 ofertas (6% do total) anunciadas, a maior quantidade foi de imóvel com um dormitório (52,4% do total).

Em agosto, a quantidade de imóveis alugada aumentou em 20% em relação a agosto de 2020 e em 33,3% com relação a julho de 2021.

De acordo com o gerente de imóveis no Nordeste, Lenícia Souza, Salvador apresenta uma movimentação na procura e na oferta e que faz com o preço oscile. “Nos bairros onde houve menos imóveis disponíveis e muita procura, o preço subiu e onde existe muita oferta e menor procura o preço diminuiu. A procura nos últimos meses até tem crescido, mas ainda não na velocidade antes pandemia. Para o fechamento de uma locação há muita negociação até se chegar ao valor pretendido pelo locatário e o esperado pelo proprietário”.

Aluguel

Bairros/locação

Ago/20

Ago/21

Variação
Ondina

R$ 36,98

40,83

10,4%

Barra

R$ 34,34

R$30,86

-10,1%

Caminho das Arvores

R$ 31,00

31,12

0,4%

Armacao

R$ 30,32

30,58

0,9%

Pituba

R$ 26,04

26,17

0,5%

Rio Vermelho

R$ 22,65

R$18,82

-16,9%

Graça

R$ 20,91

25,08

19,9%

imbui

R$ 25,12

19,37

-22,9%

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezessete − 14 =