Convênio firmado com a cooperativa de crédito Unicred do Nordeste reforça as ações do NAC-Fieb no interior

As empresas industriais baianas contam com mais uma alternativa de contratação de crédito por intermédio do Núcleo de Acesso ao Crédito da Fieb (NAC- Fieb). A nova parceria é com a Unicred do Nordeste, que tem sede em Feira de Santana e unidades de negócios instaladas em Salvador e mais quatro cidades no interior do estado da Bahia.

A cooperativa firmou convênio com a Federação das Indústrias do Estado a Bahia ( Fieb), reforçando as ações de apoio às pequenas empresas industriais que a entidade, por meio do NAC, mantém com o Sebrae Bahia, no interior do estado. O objetivo é ampliar a oferta de financiamento para as empresas com melhores condições e acessibilidade, além de ampliar o fortalecimento das ações de interiorização da Fieb.

O NAC apoia os empresários, fazendo interlocução junto às instituições financeiras parceiras, além de identificar as linhas de financiamentos disponíveis e o acompanhamento do processo.

CONVENIADOS

O convênio assinado entre o NAC-Fieb e a Unicred do Nordeste soma-se aos já existentes com a Sicoob Credifiemg, Desenbahia, Banco do Nordeste e Caixa Econômica. Entre 2020 e 2021 o NAC-Fieb apoiou a liberação de cerca de R$ 20 milhões, em mais de 90 operações de crédito. Foram mais de 600 empresas atendidas, em serviços de orientação, preparação para o crédito e intermediação.

João Batista Cerqueira, presidente da Unicred do Nordeste, alimenta expectativas positivas com a parceria com o NAC-Fieb. “Esperamos transformar em ações concretas os propósitos em prol do desenvolvimento industrial e do cooperativismo de crédito no Estado da Bahia”, destacou.

Ele lembra que a principal característica de uma cooperativa é o fato de que o associado é o dono dela “e como tal, pode e deve contribuir para que sua empresa lhe preste os melhores serviços e com os menores custos”. “O cooperado sempre se beneficia com tarifas e juros mais baixos do que aqueles praticados pelo quase monopolizado setor bancário brasileiro”, acrescenta.

Na avaliação do presidente da Unicred do Nordeste, ao “participar, o associado fortalece a economia baiana, uma vez que todas as sobras são reinvestidas na própria Bahia, retendo riqueza no nosso estado”, acrescenta.

COOPERATIVISMO

O convênio com a Unicred do Nordeste prevê ainda a implementação de ações conjuntas, voltadas para a articulação de atividades de interesse mútuo, com vistas à promoção do desenvolvimento do cooperativismo e das empresas e empresários do segmento industrial baiano. A ideia também é gerar novos negócios e dar sustentabilidade empresarial paras as micro, pequenas e médias empresas (PME) industriais baianas e, principalmente, desenvolver ações nos campos da educação associativa, financeira e de acesso aos serviços financeiros.

A Unicred do Nordeste atua como cooperativa segmentar, em nichos específicos: profissionais do campo da saúde, funcionários públicos e empresas e empresários de todos os ramos de atividades, como explica o presidente da cooperativa. Atualmente, congrega cerca de 6.700 associados ou cooperados.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 − 2 =