Atlantic Nickel finaliza embarque para China e ultrapassa 91 mil toneladas exportadas em 2021

O destino do embarque mais recente, finalizado na última semana, foi a China (Foto: Divulgação)

A Atlantic Nickel, empresa que produz e exporta níquel sulfetado, matéria-prima fundamental utilizada na produção de baterias para veículos elétricos, acaba de ultrapassar a marca de 91,3 mil toneladas do minério exportadas, até agora, neste ano de 2021, através do Porto de Ilhéus, região sul da Bahia. Toda a carga do concentrado de níquel sai da unidade de produção da empresa, a Mina Santa Rita, sediada no município baiano de Itagibá, a apenas 140km de distância do terminal marítimo, por onde o carregamento é embarcado em direção ao mercado internacional da eletrificação.

O destino do embarque mais recente, finalizado na última semana, foi a China, país no continente asiático que recebeu, através do Porto de Xingang, uma remessa de 10.771,69 toneladas de concentrado de níquel 100% baiano e de alta qualidade. Este é o nono embarque realizado pela Atlantic Nickel, alcançando um resultado parcial anual expressivo de exatamente 91.339,4 toneladas comercializadas, patamar superior ao total alcançado em 2020, que chegou a 67,7 mil toneladas direcionadas ao mercado exterior.

Por meio de uma operação que prioriza segurança, eficiência e sustentabilidade, o minério extraído pela Atlantic Nickel possui relevantes teores de cobre e cobalto, o que aumenta o valor agregado de venda. A companhia é uma das maiores minas de níquel sulfetado a céu aberto do mundo e a única deste segmento em operação no Brasil.

Para além da franca expansão de produção e comercialização do níquel, o sucesso do negócio está diretamente ligado aos esforços permanentes de conservação da natureza, uma vez que além de exportar o minério para ajudar o mundo a dispor de fontes de energia limpa, a Atlantic Nickel mantém o propósito de preservar o meio ambiente e respeitar a comunidade a que pertence.

Sobre a Atlantic Nickel

Única empresa produtora de níquel sulfetado no país, a Atlantic Nickel atua desde outubro de 2019 na extração do minério fundamental para a fabricação de baterias de veículos elétricos. São mais de 1.700 empregos diretos gerados pelo negócio e R$ 151 milhões injetados em compras e contratos com fornecedores da Bahia de 2018 a 2020.

A projeção da companhia é dobrar a capacidade produtiva, com o início da operação subterrânea na Mina Santa Rita, prevista para 2028, o que vai elevar o tempo de vida útil da mina de oito para 34 anos (8 anos de mina a céu aberto + 26 anos de mina subterrânea). De acordo com a Avaliação Econômica Preliminar, cerca de US$ 355 milhões devem ser investidos nos primeiros cinco anos desta nova fase.

Para além disso, a Atlantic Nickel já comemora a recente descoberta de um novo depósito com potencial significativo de recursos de níquel a apenas 26km de distância, e no mesmo cinturão geológico, de onde já funciona a Mina Santa Rita.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × 3 =