Presidente da CNA é reeleito por unanimidade

O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, foi reeleito na terça (14) para mais um mandato à frente da entidade (quadriênio 2021-2025). Baiano, João Martins obteve o voto de todas as 27 Federações Estaduais de Agricultura e Pecuária em uma votação que ocorreu na sede da CNA, em Brasília.

Em sua primeira manifestação após a eleição, João Martins falou da responsabilidade que terá daqui para frente e da necessidade de “estarmos cada vez mais unidos para enfrentar os desafios futuros”. “O resultado unânime credencia minha gestão para atuar com a plena participação e com a união de todas as 27 Federações nessa nova empreitada”, afirmou.

Só a união de todos, reforçou Martins, será capaz de proteger, fortalecer e ajudar os produtores rurais a enfrentar todas as questões nacionais e mundiais que virão. “Minha obrigação é, acima de tudo, defender o produtor rural brasileiro. Uma obrigação de cada vez mais fazer com que essa Casa defenda a agropecuária brasileira”, afirmou.

Liderança

No comando da CNA desde 2015, João Martins tem uma trajetória profissional marcada pela defesa dos produtores rurais. Também presidiu a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb) e é acionista e presidente da Agropecuária João Martins S/A.

O processo foi conduzido por uma Comissão Eleitoral comandada pelo presidente da Anater, Ademar Silva Júnior, e composta também pelo presidente do Conselho de Administração da Embrapa, Fernando Camargo, e pelo presidente do Instituto Pensar Agropecuária (IPA), Nilson Leitão.

O Conselho de Representantes, formado pelas Federações de Agricultura e Pecuária, também elegeu, na chapa liderada por Martins, seis vice-presidentes que formam a Diretoria Executiva e os seis membros do Conselho Fiscal, três titulares e três suplentes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

três + dezessete =