A Braskem, a maior produtora de biopolímeros do mundo, por meio de sua subsidiária Braskem Netherlands  e a SCG Chemicals, uma das maiores empresas petroquímicas integradas da Tailândia e líder da indústria na Ásia, assinaram nesta quinta-feira (9) um memorando de entendimento para realizar estudos de viabilidade para investir em conjunto em uma nova planta de desidratação de bioetanol na Tailândia para produzir bioeteno e o polietileno I’m Green bio-based (plástico produzido a partir do etanol de cana-de-açúcar). O anúncio foi feita na manhã desta quinta-feira (9), através de fato relevante.

De acordo com a Braskem, caso o projeto seja implementado, a unidade deverá estar localizada em Map Ta Phut, Rayong, Tailândia, dentro do complexo petroquímico da SCG Chemicals e até dobrar a capacidade existente do PE I’m Green bio-based. A Braskem contribuiria com sua tecnologia e know-how no processo de desidratação de etanol e experiência em marketing de PE I’m Green bio-based, enquanto a SCG Chemicals utilizaria suas unidades de PE e expertise de produção para fabricar o PE I’m Green bio-based para o projeto, além de contribuir com seu conhecimento do mercado de PE na Ásia.

A execução do investimento está sujeita à conclusão dos estudos acima mencionados, acordo mútuo entre Braskem e SCG Chemicals e aprovação pelos órgãos de governança competentes. Este projeto está alinhado aos seguintes objetivos da Braskem: (i) neutralidade de carbono até 2050, (ii) diversificar e expandir a pegada industrial, (iii) reforçar a liderança global em biopolímeros para atender às necessidades dos clientes e (iv) desenvolver ainda mais soluções sustentáveis em economia circular

O projeto também reflete o direcionamento estratégico de negócios da SCG Chemicals para 2021 em direção a um “Negócio de Químicos para a Sustentabilidade”, onde a empresa estabeleceu a meta de atingir um volume de vendas de polímero verde de 200.000 toneladas até 2025

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

sete + três =