DMCard realiza a captação de R$100 milhões

A DMCard acaba de captar R$ 100 milhões. Um processo que teve início com um roadshow para aproximadamente 60 casas investidoras, tendo a XP Investimentos como o coordenadora líder da oferta, e, das quais, 21 casas apresentaram suas propostas para aquisição de cotas do FIDC DMCard. Juntas, todas as ofertas recebidas somaram R$ 363 milhões, um valor 3,6 vezes maior do que a meta da empresa e uma variação acima do objetivo inicial raramente vista no mercado.

“Normalmente, nossas captações se davam apenas por meio de emissão estruturada de debêntures. Tais estruturas têm comprovado que somos uma empresa extremamente sólida e garantido nosso crescimento acelerado. Por exemplo, no primeiro semestre de 2021, registramos um crescimento na movimentação nos cartões DMCard de 37%, bem acima de nossa média dos últimos anos, que já era agressiva, na casa dos 30% anuais”, conta Tharik Moura, diretor estratégico e CFO da DMCard.

Após o roadshow, a DMCard preparou um grande evento, o DMDay, no qual as casas convidadas pela XP Investimentos, na função de coordenador líder da oferta, puderam conferir não apenas os resultados, os volumes, a estrutura e a capacidade da companhia, como também, maior entendimento sobre as excelentes notas recebidas por duas das maiores agências de classificação de risco do mundo. Pela Fitch Ratings, o FIDC DMCard recebeu a nota “A-“ e, pela S&P Global, a nota “AA-“.

“Os ratings mostram que a DMCard detém uma ótima qualidade de crédito e capacidade em honrar suas obrigações financeiras. Um dos fatores que impulsionaram nossa classificação foi a resiliência do nosso principal segmento de atuação, o varejo supermercadista, que conseguiu, por exemplo, atravessar de forma consistente até mesmo os períodos de maiores desafios e instabilidades ocasionados pelo surto do coronavírus”, destaca o executivo da DMCard.

O processo de bookbuilding

O diretor comenta sobre as intenções apresentadas pelas 21 casas manifestando seu interesse de compra, que foram muito generosas, reforçando a confiança nos resultados da empresa. “Uma delas, chegou a apresentar um cheque de R$ 65 milhões, ou seja, um único cheque cobriria 65% de nossa meta de captação. Lembrando que de todos estes investidores, apenas 4  já conheciam a operação da DMCard, outros 17   estiveram em contato conosco pela primeira vez. Temos confiança no trabalho desenvolvido ao longo dos anos e acreditávamos que teríamos êxito na oferta, mas devo confessar que superou as expectativas mais otimistas”.

Para atender as melhores práticas de compliance da oferta, houve a realização de um bookbuilding transparente e justo. Isso significa que cada uma das casas teve a chance de demonstrar interesse de compra de até R$ 100 milhões, e ao final do processo, cada investidor foi alocado de forma proporcional ao que seu interesse representava sobre o volume total da demanda recebida

“Os recursos captados serão destinados para assegurar o elevado crescimento do Grupo, seja através da prospecção e parcerias com novas redes varejistas, como também, por meio da aquisição de carteiras de crédito de operações de varejo alimentar, que já somam 5 nos últimos 2 anos.”, conclui Tharik Moura.

Sobre o Grupo DMCard

A DMCard nasceu em 2002 como uma administradora de cartões de crédito private label (o cartão de loja), setor em que é líder de mercado e crescendo em média 35% ao ano, nos último nove anos, e ultrapassando a marca de 4,2 milhões de cartões emitidos. Atualmente, está presente em 3.620 pontos de venda com 1 milhão de cartões ativos.

No entanto, desde 2019 começou a diversificar seus produtos financeiros oferecendo cartão de crédito bandeirado, conta digital e linhas de empréstimo, passando por uma transição em seu modelo de negócio e, hoje, atua como uma empresa de soluções financeiras.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

um × cinco =