Lucas diz que a Phyllon Bank chega como opção para quem busca maior rentabilidade nas plataformas digitais

Uma árvore plantada para cada conta aberta. Este é o compromisso da Phyllon Bank, a mais nova startup financeira que chega ao mercado com a proposta de promover troca justa entre investidores, clientes e o meio ambiente. Lucas Araújo, CEO e um dos fundadores da Phyllon Bank, explica que o banco é o único verdadeiramente verde no mundo e o desafio de plantar uma árvore para cada conta aberta sela o compromisso da startup com as questões ambientais. Com a campanha “+ 1 árvore para a conta”, Phyllon Bank inicia suas atividades comprometida em contribuir com preservação das florestas brasileiras.

“A cada conta corrente aberta, uma árvore será plantada. E para marcar a ação, vamos realizar o plantio duas vezes por ano, em grandes eventos que terão a participação da sociedade e de ONGs ambientais”, conta Yasmin Melo, uma das sócias da Phyllon Bank. Além de marcar o lançamento da startup no mercado financeiro, a campanha também antecipa as celebrações do Dia da Árvore, comemorado em setembro.

A Phyllon Bank chega como opção para quem busca maior rentabilidade nas plataformas digitais. O foco é investir em crédito consignado, uma das modalidades mais baratas para o consumidor e o mais seguras para os investidores. “Na Phyllon, o agente financeiro poderá emprestar até 100% do recurso captado, otimizando os resultados ao investidor, que terá acesso aos rendimentos todos os meses”, conta Lucas Araújo.

O CEO explica ainda que como o foco do banco é promover a troca justa. Quem investe terá uma rentabilidade maior e os juros para quem faz empréstimo serão menores que os praticados no mercado. “Ao fomentar o empréstimo entre as pessoas, a Phyllon dá um importante passo na mudança do padrão existente, hoje, no mercado financeiro. As pessoas querem mudanças e a Phyllon chega para inovar esta relação”, finaliza.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

doze + um =