Salvador inicia cadastramento de adolescentes prioritários para vacinação

A lista subsidiará a Secretaria Municipal da Saúde no planejamento da imunização (Foto: Bruno Concha/Secom)

A Prefeitura de Salvador inicia, nesta terça-feira (27), o cadastro dos adolescentes de 12 aos 17 anos com comorbidades e deficiência física, elencadas no Plano Nacional de Imunização. A lista subsidiará a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) no planejamento da imunização desse grupo, assim que o governo federal, e em pactuação com a Comissão Intergestores Bipartite (CIB), habilitar o público para a estratégia.

A medida foi anunciada pelo prefeito Bruno Reis hoje pela manhã, durante apresentação do Road Show Salvador 2021, ocorrido no Teatro Gregório de Mattos (TGM), no Centro. “O Ministério da Saúde já sinalizou essa ação e estamos nos antecipando para, quando for autorizada essa vacinação de 12 a 17 anos, começar a partir daqueles que possuem deficiência ou comorbidades, como foi feito com outros públicos prioritários”, declarou.

Para garantir segurança e evitar fraudes no processo de imunização, o cadastramento deverá ser feito através da plataforma virtual www.comorbidades.saude.salvador.ba.gov.br. O acesso ao dispositivo é restrito ao médico que utiliza o mesmo login e senha da área restrita do site do Cremeb.

“Nossa cidade é reconhecida nacionalmente pela eficiência e bom planejamento na aplicação da vacinação. Disponibilizamos uma ferramenta que deverá ser utilizada pelos médicos, a fim de atestar a comorbidade dos seus pacientes para que estes tornem-se aptos à vacinação. Quando tivermos a autorização do governo federal e CIB para iniciar a aplicação da vacina desse público, já teremos a lista para que possamos fazer o melhor planejamento da estratégia”, explicou o titular da SMS, Leo Prates.

Confira o passo a passo:

1 – O portador da comorbidade ou deficiência com a idade entre 12 e 17 anos deve procurar o médico onde é acompanhado – tanto da rede pública quanto da rede privada

2 – O médico fará a avaliação do paciente e verificará se o mesmo está dentro das comorbidades e deficiências elencadas pelo Plano Nacional de Imunização

3 – Caso esteja elegível, o médico incluirá o nome do paciente na lista de habilitados para campanha de vacinação contra Covid-19 através do portal www.comorbidades.saude. salvador.ba.gov.br

4 – Quando a vacinação do grupo estiver aberta, é importante destacar que, antes de se dirigir ao ponto de imunização, o paciente deverá conferir se o nome está cadastrado no site da SMS.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

14 − 11 =