Salvador e Porto Seguro recebem voo inaugural da Itapemirim

O voo Guarulhos-Salvador-Guarulhos será diário, com escala em Porto Seguro (Foto: Camila Souza/GOVBA)

Guarulhos, Salvador e Porto Seguro estão ligadas pelo novo trecho da ITA Transportes Aéreos, companhia do Grupo Itapemirim que estreou no mercado doméstico. O voo Guarulhos-Salvador-Guarulhos será diário, com escala em Porto Seguro tanto na vinda quanto na volta a São Paulo. Um receptivo da Secretaria de Turismo do Estado (Setur), composto por baianas e com a presença do secretário do Turismo, Maurício Bacelar, recebeu os passageiros do voo inaugural no Aeroporto Internacional de Salvador, nesta quinta-feira (1º).

Na ocasião, Bacelar destacou que a conectividade é primordial para o desenvolvimento do turismo e que São Paulo é o maior emissor de turistas para a Bahia, seja a negócios ou a passeio. “A concorrência é virtuosa, porque pode ter reflexo no preço dos bilhetes aéreos”.

Para o secretário, a expectativa é de que a Bahia continue recebendo novos voos. “Companhias como a Azul, a Gol e agora a Itapemirim têm colocado muitos voos para Salvador. Nós somos hoje uma capital que tem ligações com todas as outras capitais do Nordeste, com todas as regiões do País, e isso melhora muito a acessibilidade ao nosso estado”, afirmou.

Turismo

O diretor comercial da Ita, Fabiano Oliveira, explicou os motivos que trouxeram a empresa para a Bahia, mais especificamente para Porto Seguro e Salvador. “São cidades extremamente importantes para o País e atendem muito à parte turística. Foi uma decisão da Ita iniciar por essas duas cidades para poder fazer já um grande atendimento para o estado. A Ita vem para democratizar todo o processo, turismo, negócio, corporativo, todo processo vai ser atendido por nós”.

Segundo Fabiano, a companhia aposta no período pós pandemia para a expansão dos negócios. “Passamos por um período muito difícil, ainda estamos em um processo de recuperação. Com a vacina, a gente acredita muito que a pandemia vai entrar em um nível controlado. Então, a Itapemirim acredita demais nesse processo e vem exatamente num momento em que a curva [do turismo] tende a subir e a gente tem condição de operar”, disse.

O construtor Ricardo Xavier, que mora nos Estados Unidos, participou do voo inaugural da Itapemirim e elogiou a iniciativa da empresa. “Sempre que você tem uma empresa nova, a concorrência aumenta. Então, os preços tendem a diminuir e a qualidade tende a subir, porque quem não tem qualidade não se estabelece”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

10 − 2 =