Rede D´Or cria Grupo Brasileiro de Doenças Peritoneais

As doenças do peritônio atingem cerca de 15.000 pessoas no Brasil a cada ano. Com o intuito de reunir médicos especialistas para o desenvolvimento de pesquisas, estudos clínicos e estabelecer um protocolo nacional de opções de tratamento que almejam uma melhora clínica dos pacientes, e até, em alguns casos, promover condições de um aumento de sobrevida e cura, a Rede D’Or São Luiz, com unidades de saúde em oito estados, incluindo a Bahia e o Distrito Federal, está lançando, em Salvador, o Grupo Brasileiro de Doenças Peritoneais, o primeiro do país.

O lançamento vai ocorrer dia 28 de junho, em cerimônia com a presença de Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo, cirurgião geral da Rede D’Or São Luiz, e oncologistas dos hospitais Aliança, São Rafael, Cardiopulmonar e Clinica CEHO (unidades da RDSL na Bahia). Cada estado terá um núcleo regional, tendo a Bahia, o cirurgião oncológico, Dr. Claudio Quadros, como responsável.

Considerado um dos mais agressivos tipos de câncer, durante muito tempo se atribuiu poucas alternativas de tratamento que levem à cura ou à uma melhora significativa dos sintomas em pacientes com câncer peritoneal. Atualmente, no entanto, existem opções de tratamento, aliando a melhor quimioterapia disponível a procedimentos cirúrgicos especializados. O peritônio é a membrana que reveste internamente todo o abdome, e tem a função de proteger essa região do nosso corpo e permitir a movimentação interna dos órgãos. Na Bahia, foram feitas cerca de 5 cirurgias desse tipo para tratar deste câncer raro, o mesotelioma do peritônio.

“O Grupo Brasileiro de Doenças Peritoneais é um marco no tratamento das neoplasias peritoneais no Brasil por viabilizar que pacientes em todo o território nacional possam ser tratados por equipe multidisciplinar, com os protocolos oncológicos mais atuais e efetivos. Um dos maiores ganhos é criarmos uma verdadeira rede de troca de informações, definição de terapêuticas e possibilidade de tratamento que buscam o mais eficiente resultado para cada caso”, avalia Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo.

Sobre a Rede D’Or

Fundada em 1977 no Rio de Janeiro como Cardiolab, a Rede D’Or São Luiz é a maior rede integrada de cuidados em saúde no Brasil, com presença na Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Maranhão, Sergipe, Ceará, Paraná e no Distrito Federal. Referência no diagnóstico e tratamento do câncer, investe em inovação e pesquisa por meio do IDOR (Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino), fundado em 2010, com unidades no RJ, BA e DF, reunindo mais de 100 pesquisadores e docentes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

quinze + doze =