Mercado de imóveis usados cresce 87,04% na Bahia no 1º trimestre

Dados compilados pelo Kenlo mostram aumento nos contratos de aluguel e venda de usados em 2021 (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Dados compilados pelo PMI (Painel do Mercado Imobiliário) produzido pelo Kenlo revelam que o mercado de imóveis usados registrou crescimento de 87,04% na Bahia, no primeiro trimestre de 2021 em relação a igual período do ano passado, saltando de 108 negócios para 202.

O movimento acompanha o crescimento nacional apontado pela plataforma no primeiro trimestre, que foi de 90%, em comparação com igual período de 2020, referente ao mercado secundário de imóveis (usados).

O interesse dos compradores e locatários também pode ser medido pelo no número de visitas a imóveis disponíveis que, embora menor, também registrou aumento. No período houve crescimento de 11,92%, chegando a 582 visitas, ante 520 realizadas no primeiro trimestre de 2020.

O Painel do Mercado Imobiliário (PMI), criado pelo Kenlo, é uma iniciativa pioneira no Brasil e que proporciona o acompanhamento do mercado de imóveis usados com base em dados obtidos em tempo real, a partir de um ecossistema que contempla 7,9 mil imobiliárias e 47 mil corretores conectados à proptech inGaia, de todas as regiões do país e que atendem a mais de um milhão de proprietários de imóveis. O PMI reúne uma amostragem do mercado imobiliário secundário de treze estados brasileiros nas cinco regiões. Mais detalhes sobre o PMI podem ser obtidos no site .

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco + nove =