Paranapanema assina memorando de entendimentos de negociação de dívidas

A Paranapanema S.A. é a única produtora nacional de cobre primário (Foto: Leonardo Rodrigues)

A Paranapanema, única produtora de cobre primário do Brasil, concluiu uma importante etapa na renegociação de suas dívidas. Em conjunto com seus principais credores financeiros, a companhia formalizou um memorando de entendimentos (MOU), em que as partes se comprometeram a direcionar seus melhores esforços para negociar os termos e condições de pagamento cujo montante principal corresponde ao valor de US$ 481 milhões e que representa cerca de 91,6% do total das dívidas da metalúrgica.

Com o acordo, a companhia e os bancos envolvidos na negociação alinharam os termos e detalhes da renegociação, assim como os direitos e deveres. Desta forma, a Paranapanema espera que, ao término do processo em curso, sejam celebrados contratos definitivos com condições para fortalecer e readequar a sua estrutura de capital.

“A assinatura do acordo foi o primeiro passo sólido para o alongamento do perfil das dívidas a um patamar realista com a nossa geração de caixa operacional”, comenta Luiz Aguiar, diretor-presidente da Paranapanema.

Sobre a Paranapanema

A Paranapanema S.A. é a única produtora nacional de cobre primário, responsável pela produção e comercialização de cátodos, vergalhões, fios trefilados, laminados, barras, tubos e conexões de cobre e suas ligas. A companhia encerrou o ano de 2020 com receita de R$ 4,3 bilhões, tendo exportado seus produtos para cerca de 20 países. A empresa foi fundada em 1961 e tem capital aberto desde 1971, integrando o Novo Mercado da B3 desde 2012. Possui três unidades industriais, no Polo Industrial de Camaçari, em Dias D’Ávila (BA), em Santo André (SP) e em Serra (ES) e gera cerca de dois mil empregos diretos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezenove − 15 =