Já reparou que, na cozinha, quando você mistura ingredientes que você gosta, a chance de o resultado final também ser gostoso é muito grande? Quase impossível de dar errado!

Pois é, quase…

Entre 2000 a 2007, o Real Madrid criou um time de “Galácticos”, ou estrelas. Só os melhores: Ronaldo, Zidane, Beckham e Cia. Em torno de 1bi em libras foram investidos, e ainda assim, não trouxe os resultados esperados.

Misturou tudo de bom, mas não deu certo.

No meu TCC em Publicidade, modéstia à parte, consegui unir os melhores alunos e montar uma equipe de ponta. Mas batíamos cabeça o tempo todo, o que nos rendeu apenas um prêmio de consolação. Todos passaram, porém não conseguimos fazer brilhar a estrela coletiva.

Misturou tudo de bom, mas também não deu certo.

Houve um segredo que só aprendi com o tempo. Mas fez e faz a maior diferença na minha cozinha e na minha vida.

O segredo que faltava é o seguinte: se permitir o erro. Quando erramos, estamos na verdade, descobrindo novas maneiras de se fazer o certo.

Explico gastronomicamente.

Certa feita, misturei por engano melaço de cana com farinha de mandioca, e descobri um memória afetiva que estava guardada na infância, nas sobremesas de interior. Hoje já faço e coloco no cardápio de eventos, uma sobremesa inspirada nesse equívoco.

Claro que há lapsos que comprometem toda a preparação, como na vez em que eu troquei pimenta do reino por canela, quando fazia uma feijoada. O cheiro ficou até bom, mas o gosto, não deu pra encarar. No entanto, esse erro me fez ficar mais atento pra não voltar a cometê-lo, ou seja, ele me deu mais foco e atenção.

Aprendi que a perfeição na cozinha, assim como na vida, não existe. O certo e o errado são irmãos gêmeos. O que é bom pra você pode ser ruim pra mim. O que é errado pra um determinado fim, pode ser certo pro outro. Legal hoje, amanhã não mais.

Mas apesar de errar não ser tão ruim assim, pode se tornar menos frequente com a prática e com o estudo. Aproveito para perguntar, o que você tem feito na pandemia? Como você tem aproveitado seu tempo para se aprimorar? Ou até como você tem errado, simplesmente porque não está parado? Com tudo on line, estudar e praticar viraram ordem de evolução.

Mudar é preciso, pensar é necessário, existir é natural, mas viver é crucial.

Sim, a nossa cozinha tem seu Valor.

Aqui em nossa coluna iremos encontrar uma diversidade de temas, sempre associados à gastronomia, que irão desde receitas e dicas, até reflexões e relatos de vida.

Sou ProfChef CRIS MARCO e desejo a você um fim de semana de Valor.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

19 − sete =