A Housi, primeira plataforma de moradia por assinatura do mundo, 100% digital e sem burocracia, anuncia sua primeira operação na Bahia, com o lançamento do empreendimento Residencial Porto Privilege, em parceria com a Incorporadora Carozo, previsto para março/abril. O VGV do empreendimento é de R$ 23 milhões, com 104 unidades para locação e gestão realizada pela Housi.

A Housi funciona como uma plataforma de gestão e administração com foco no público investidor, que busca por alta rentabilidade por meio de locações residenciais, e também como um serviço de moradia digital para o público final, que procura um imóvel pronto, mobiliado e sem burocracia para alugar.

No Residencial Porto Privilege, com inauguração prevista para 2023, a empresa será responsável pela gestão das unidades residenciais e também das áreas comuns dos prédios. Por ser uma flagship, a Housi participou – em conjunto com os arquitetos da incorporadora –, do processo de concepção dos espaços, garantindo a experiência padronizada de moradia da plataforma Housi.

O empreendimento oferece uma ampla área de utilização comum, que funciona como uma extensão do apartamento, dispondo de vagas de garagem rotativa, bicicletário, ferramentaria, recebimento de mercadorias, lavanderia, guarderia de pranchas, espaço pet, salas de estudo, sala de reunião, coworking, lounge, academia, rooftop com espaço gourmet, sala de jogos, sanitários, piscina com copa/bar e sanitários.

“As pessoas não querem mais passar uma vida inteira endividadas, pagando por um imóvel que pode não atender mais às suas necessidades de vida ao longo do tempo. Em 30 anos, prazo médio de financiamento residencial, as pessoas mudam de emprego, casam, descasam, têm filhos. A moradia por assinatura da Housi dá flexibilidade de utilização de um imóvel que acompanha esses momentos, além de ser totalmente digital, sem nenhuma burocracia”, explica Alexandre Frankel, CEO da Housi.

A plataforma oferece locação 100% digital e sem burocracia, com imóveis mobiliados e diversos serviços agregados

Housi B2B e B2C

Para o investidor, que compra o apartamento com a finalidade de alugar para rentabilizar, a Housi atuará como uma plataforma de gestão patrimonial eficiente, proporcionando rentabilidade e tranquilidade ao proprietário. Funciona da seguinte forma: a Housi distribui a unidade em todas as suas frentes digitais – site e app Housi, além dos parceiros Airbnb, Booking.com, Zap e Imóvel Web, que direcionam os interessados para os canais da Housi.

Uma vez disponível nas plataformas da Housi, o imóvel será alugado para estadias curtas (até 30 dias) ou longas (mais de 30 dias). Além disso, a Housi fica na linha de frente do contato com o locatário, cuidando de qualquer problema relacionado à manutenção, limpeza, e outras questões do dia a dia de um imóvel. Ao final do mês, a Housi repassa os valores ao proprietário, descontando o valor da taxa de administração.

Todas as unidades já serão entregues para o comprador com os serviços Housi Decor, que disponibiliza apartamentos decorados e mobiliados com design inteligente, sofisticado e com foco na não depreciação a curto prazo, além do Housi Pay, plataforma de gestão de pagamento de contas do imóvel, e Housi Assessoria Predial, que cuida de toda a parte de manutenção das áreas comuns do prédio. Todos esses serviços ficam sob o guarda-chuva de gestão da Housi, que disponibiliza o apartamento em todas as plataformas digitais da marca com foco em locação.

Para os locatários, a Housi atua como um serviço de desburocratização de locação residencial. O interessado em alugar uma casa, seja por um dia, uma semana ou até um ano, basta acessar o site da Housi, selecionar o imóvel, o período de estadia, realizar o pagamento via cartão de crédito e, claro, morar. A startup já contabilizou mais de nove mil locações e 20 mil usuários desde quando foi criada, em 2019.

Todos os apartamentos administrados pela Housi estão disponíveis para locação digitalmente e sem a necessidade de corretor ou fiador. As unidades seguem um padrão da empresa, mobiliadas e equipadas com cooktop, geladeira, cama, sofá, wifi e TV a cabo. Possuem infraestrutura e serviços pay per use com atendimento 24 horas por dia e limpeza semanalmente.

Até o início de 2020, a Housi atuava apenas em São Paulo, onde um terço da população já vive de aluguel. Mas foi pensando nesta tendência que, além de administrar imóveis em mais de 200 prédios na capital paulista, a empresa expandiu sua expertise para outras sete cidades do Brasil – Curitiba, Porto Alegre, Recife, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa e Rio de Janeiro.

Neste período, o valor de mercado dos imóveis geridos pela Housi girava em torno de R$ 3,5 bilhões. Atualmente, a startup chega a R$ 10 bilhões de ativos sob gestão.

Além disso, a Housi espera encerrar o ano com empreendimentos em Salvador, Brasília, Goiânia, Florianópolis e São José do Rio Preto, além de ampliar a atuação nas regiões na capital paulista e gaúcha.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro × 5 =