Redeorto planeja ampliar presença na Bahia em 2021

De acordo com Rubens Vergani, a expansão da rede será 100% via franquias (Foto: Divulgação)

A Bahia é um dos estados prioritários para o crescimento da Redeorto (www.redeorto.com.br) – rede de clínicas odontológicas presente em 15 estados do Brasil, realizando mais de 2 milhões de atendimentos por mês – em 2021. A empresa, que planeja abrir em todo o país 70 novas unidades até o final do ano, vê o mercado da Bahia e do Nordeste como estratégicos. “Existe um enorme potencial na região”, destaca Rubens Vergani, fundador e CEO da Redeorto , acrescentando que, hoje, o Nordeste responde por 11% do número de unidades da empresa.

Atualmente, a Redeorto conta com 130 clínicas, sendo quatro próprias e 126 no modelo de franquia. Com o plano de expansão, a empresa deve faturar aproximadamente R$ 200 milhões em 2021, contra uma receita total de R$ 120 milhões no ano passado.

De acordo com Vergani, a expansão será 100% via franquias. “Queremos que nossos franqueados ampliem sua atuação com a abertura de novas unidades, além de também buscar novos franqueados, sejam eles investidores ou profissionais de odontologia que já contam com uma clínica e desejam passar a operar com a nossa bandeira e todo suporte oferecido, como marketing, treinamento e sistema de gestão, entre outros”, destaca, acrescentando que, atualmente, 50% dos franqueados da rede têm mais de uma unidade.

O mercado onde a marca está mais consolidada é o estado de São Paulo, onde hoje estão 40% das clínicas da rede. Além da Bahia, região prioritária, a Redeorto  planeja crescer nos 15 estados onde já está presente e também abrir novos mercados. “Existem muitas oportunidades de expansão em todas as regiões do país e já estamos desenvolvendo iniciativas neste sentido, reforçando as ações comerciais e de marketing”.

Modelos

O investimento para a implantação de uma unidade franqueada da Redeorto é de aproximadamente R$ 350 mil para novas unidades e de R$ 100 mil para unidades convertidas, isto é, para clínicas já existentes. Em ambos os casos, o faturamento médio mensal de uma franquia Redeorto  é de R$ 120 mil, com lucratividade de 25% a 30%. Vergani adianta que a empresa deve lançar em breve um novo formato de franquias, voltada para profissionais de pequenas cidades. “Com isso, nosso objetivo é acelerar o crescimento da Redeorto , chegando a 400 unidades em três anos”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

15 − três =