Idosos demonstram esperança com segunda dose da vacina contra Covid-19

A segunda dose da CoronaVac aplicada no braço de Evaristina de Rosa Lima, de 100 anos, no drive thru da Arena Fonte Nova nesta quarta-feira (3), representou a esperança de que em breve ela possa novamente reunir os filhos, netos e bisnetos para o almoço e a confraternização familiar. “Essa vacina é tudo de bom, minha filha”, resumiu em poucas palavras a idosa, expressando um olhar de gratidão e de felicidade.

Ela compareceu ao ponto de vacinação por volta das 9h, acompanhada do sobrinho Jorge Antônio de Jesus, 50 anos. Ele ponderou que vai continuar tomando todos os cuidados até que grande parte da população seja imunizada, mas disse se sentir mais seguro agora que a tia já tomou a segunda dose.

Aos 96 anos, Floralice Rodrigues também tomou a segunda dose da vacina contra o coronavírus e até pintou o cabelo e se produziu para a ocasião. “É um momento muito especial, é uma prevenção que só Jesus pode nos proporcionar”, contou a pensionista cuja avenida onde mora, no Barbalho, tem o mesmo nome dela, por causa da horta que cultiva no local.

Segura em casa, ela conta que uma das atividades que mais sente saudade é a ida à feira para a compra de alimentos e produtos diversos, principalmente dos ingredientes do mocofato, prato que ela gosta muito de comer com a família. Para a neta Lia Barbosa, de 48 anos, a vacina trouxe um alívio muito grande.

“Ela ficou praticamente um ano dentro de casa sem poder sair. Apesar de ainda seguirmos todos os cuidados necessários, já é a esperança de que dias melhores se aproximem. A minha avó tem filhos, netos e até tataranetos e a casa é bem movimentada, então nós vivemos um ano bem difícil por causa da pandemia”.

Após ter sido vacinado, João da Mata, de 95 anos, também se disse esperançoso e feliz. “Essa vacina é a nossa libertação, pois todos nós nos tornamos reféns de um vírus e espero que essa pandemia deixe uma lição para as pessoas de que é preciso cooperar com o outro e ter mais solidariedade”. Logo após a vacinação, ele e o neto João Paulo Lima, de 36, buscaram informação e foram orientados pela equipe técnica de vacinação a manter a rotina normal de alimentação e de atividades saudáveis, pois a vacina não tem efeitos colaterais.

Movimento

A manhã de vacinação foi bem tranquila na Arena Fonte Nova com a imunização de 110 idosos até as 9h30 – ontem, 890 foram vacinados. Não houve filas no início da manhã. Uma triagem foi montada no ponto de acesso à Arena para orientar a população e checar se o idoso já pode ser atendido com a segunda dose.

A aplicação dessa segunda dose da vacina contra a Covid-19 em idosos com idade igual ou superior a 80 anos foi iniciada ontem pela Prefeitura. A vacinação ocorre das 8h às 16h nos pontos de drive-thru da Arena Fonte Nova e Parque de Exposições, além dos pontos fixos das Unidades de Saúde da Família (USF) Vista Alegre e Federação; além das Unidades Básicas de Saúde (UBS) Virgílio de Carvalho e Nelson Pihauy Dourado.

É indispensável a verificação do nome do idoso habilitado para receber a segunda dose, além da data estabelecida, antes de realizar o deslocamento até um ponto de vacinação. A lista está disponível no site da SMS, no endereço www. saude. salvador. ba. gov. br. Para se vacinar no local, será indispensável a apresentação do cartão e do documento oficial com foto.

Já aqueles idosos que foram imunizados através do Vacina Express não precisam se registrar novamente na plataforma. Basta observar a data que consta no cartão e aguardar a equipe em domicílio no dia estabelecido para o retorno.

Segunda dose para trabalhadores

A categoria dos trabalhadores da saúde seguirá completando o esquema vacinal com a segunda dose da vacina nesta terça (2). Os imunizantes estarão disponíveis também das 8h às 16h, nos drives situados na Unijorge – Campus Paralela, Unidade de Saúde da Família (USF) de San Martin III e Centro de Convenções de Salvador.

Já os pontos fixos funcionam na USF Eduardo Mamede, UBS Péricles Laranjeiras, UBS Castelo Branco, USF Colinas de Periperi, CSU Pernambués e Unijorge – Campus Paralela.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × três =