Baiana Sicoob Credmed é incorporada pela Credicom

Em Assembleia Geral Extraordinária Conjunta realizada nesta segunda feira (1/3) foi aprovada a incorporação da Cooperativa dos Profissionais de Saúde de Nível Superior (Sicoob Credmed), em Salvador, pela Credicom (Cooperativa dos Médicos e Profissionais da Saúde do Brasil). Assim, os cerca de 2,5 mil cooperados Credmed se juntam aos mais de 62 mil cooperados da Credicom passando a formar uma cooperativa com mais de 64 mil associados.

“Somos uma cooperativa financeira sólida com R$ 3,6 bilhões em ativos totais, quase 30 anos de mercado, produtos e serviços competitivos e com cerca de R$ 200 milhões distribuídos para os cooperados nos últimos anos por meio da participação nos resultados. Chegamos a Salvador com o objetivo de fortalecer a área da saúde e o cooperativismo como modelo de negócio firmado na intercooperação e na satisfação dos nossos cooperados. Com essa iniciativa, a Credicom reafirma, mais uma vez, que está comprometida com o seu propósito de conectar pessoas para promover prosperidade com justiça financeira”, afirma Garibalde Mortoza, presidente do Sicoob Credicom.

Vale ressaltar que em um cenário econômico adverso provocado pela pandemia da Covid-19, o cooperativismo tem ido na contramão do que o mercado tem apresentado em vários setores e obtendo bons resultados. Segundo o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, o segmento cooperativista registrou de outubro de 2019 a novembro de 2020 crescimento de 48,5% na carteira de crédito de pessoas jurídicas, quase o dobro do observado no setor financeiro como um todo, e tende a ser um dos grandes impulsionadores da economia em 2021. A Credicom é uma dessas cooperativas que tem aproveitado as oportunidades, investindo em estratégias para o seu crescimento e indo na contramão da crise.

Os números da cooperativa refletem esse empenho e o seu compromisso com seus cooperados. Em 2020, a Credicom movimentou R$ 1,8 bilhão em operações de crédito e registrou patrimônio líquido de R$ 511 milhões. Somente em sobras brutas (resultado positivo), a Credicom alcançou R$75,3 milhões no ano passado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezenove + dezessete =