A partir das 13h desta terça-feira, a Latam Cargo começará a transportar gratuitamente mais 1,7 milhão de doses de vacinas contra a Covid-19 por meio do programa Avião Solidário, do Grupo Latam Airlines.  Para a Bahia, serão 178.600 doses. Ao todo, 21 voos da companhia estão programados para decolar de São Paulo/Guarulhos com as vacinas Coronavac, produzidas pelo Instituto Butantan, e abastecer 21 estados brasileiros.

O voo LA 3420, que traz a vacina para a Bahia,  deixa o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo,  às 20h40, e tem chegada prevista na capital baiana às 23h10.

Confira aqui todos os voos programados.

Dentro do Brasil, o programa Avião Solidário da Latam começou a transportar gratuitamente as vacinas contra Covid-19 em 18 de janeiro de 2021. Considerando os transportes programados entre hoje (9/3) e amanhã (10/3), já movimentou mais de 9 milhões de doses pelo País a bordo de 111 voos, levando esperança para mais pessoas.

Vale lembrar que a Latam Cargo é a primeira aérea do continente americano e a única da América do Sul a obter a certificação Ceiv Pharma, emitida pela Iata (Associação Internacional de Transporte Aéreo). Desde agosto, uma equipe tem planejado e adiantado os cenários para o transporte – doméstico e internacional -, levando em consideração o destino, a infraestrutura dos aeroportos e a logística necessária para o transporte das vacinas.

Saiba mais sobre o programa 

O programa Avião Solidário beneficia há 9 anos a América Latina. Por meio da Latam Cargo, o programa transportou nesta pandemia mais de 1.000 toneladas de cargas, como testes rápidos para Covid-19, medicamentos, máscaras, entre outros produtos, beneficiando o Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Peru e Argentina.

O Avião Solidário também já transportou de forma gratuita mais de 900 profissionais de saúde para atender às urgências do Covid-19 e mais de 500 pessoas com necessidades médicas diversas, como enfermidades ou cirurgias que requerem atendimento urgente.

Especificamente para Manaus, transportou 69 toneladas de insumos médicos, cilindros de oxigênio e respiradores para a região.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

um × cinco =