Um piquenique no Parque Mangabeiras, em Belo Horizonte, é uma das dicas de Núbya (Fotos: Rafael Gelmini)

Fecham-se as fronteiras, abre-se um olhar para o turismo nacional. Você já parou para pensar o quanto somos ricos em beleza natural, gastronomia e cultura? O Brasil é repleto de sabores, cores, sotaques e paisagens de tirar o fôlego! No Brasil conseguimos desfrutar das águas geladas e doces de uma cachoeira às águas mornas e salgadas do nordeste. Conseguimos ir do clima frio do sul às terras secas do nordeste. Podemos percorrer e admirar as montanhas de Minas até as dunas do Maranhão.

É possível se deliciar com o frango com quiabo mineiro ao acarajé da Bahia e, quando falamos de gastronomia, além dos frutos da terra, o brasileiro também internacionaliza. O que dizer do uai, ôxe, tchê, mermão, báh!? Viajar pelo Brasil é percorrer o mesmo país parecendo que está ouvindo vários dialetos. Em cada cantinho é uma cultura, uma tradição, um modo de ser, de acreditar. Em nossa viagem pelo Brasil, saímos da experiência digital e podemos perceber que não há tecnologia que expresse a experiência.

Em nossas viagens sempre dividimos os investimentos: em um dia investimos em um restaurante mais famoso, em outro em um mais simples

E é exatamente disso que viemos falar aqui, hoje, da retomada do turismo no novo normal. Aproveite para aprender a apreciar o turismo nacional. Tire um tempo para começar a apreciar os detalhes da sua casa, da rua, do bairro, da sua cidade, seu estado, seu país…Tem tanta coisa para se ver, para se conhecer. Não estamos dizendo que você não deve conhecer outros países. É incrível e você deve conhecer sim. A questão é que se você está frustrado porque as fronteiras se fecharam, a boa notícia é que já há muito para se olhar e experienciar por aqui.

Vamos compartilhar com vocês, leitores, três dicas para aproveitar um turismo de experiência. Ah quem diga que viajar pelo Brasil é caro, então vamos compartilhar dicas de economia também, vamos lá:

Dica 1

Você já visitou as atrações da sua cidade e das cidades vizinhas? Planeje fazer uma programação ao ar livre como um  piquenique em um jardim da sua cidade, se programe para se hospedar em uma pousada em uma distância que consiga ir de carro, experimente ficar em uma casa inteira locada pelo airbnb e se é a sua primeira hospedagem, utilize o nosso cupom de desconto (https://www.airbnb.com.br/c/nubyaluannaf?currency=BRL) .

A grana está curta para viajar por uma semana? Viaje por três dias e busque por programações gratuitas

Tivemos essa experiência de fazer um piquenique no Parque Mangabeiras em nossa cidade, Belo Horizonte, Minas Gerais,  e fomos surpreendidos.

Confesso que já havia uns oito anos que não íamos lá e foi uma experiência muito prazerosa, veja no vídeo (https://www.youtube.com/watch?v=kM_TddbKx2Y) Aprecie a sua cidade.

Dica 2

Falando de turismo de experiência, o Brasil é um país rico de sabores. Quando for em alguma região do Brasil, não perca a oportunidade de provar a comida local, as frutas e tradições da região. Os sabores e aromas marcam a nossa experiência. Por mais incomum que seja aquele costume para você, ouse experimentar. Com certeza a sua viagem ganhará um sentido a mais. E para quem reclama que viajar pelo Brasil é caro, vai aí uma dica: peça indicações aos moradores da região de onde eles se alimentam.

Flexibilidade é uma palavra que deve acompanhar todo viajante. Por mais que planejamos, imprevistos acontecem

É comum encontrar um lugar simples, afastado dos pontos turísticos, de gente humilde e de sorriso fácil, mas com certeza com um sabor e um valor que irá te surpreender. Em nossas viagens sempre dividimos os investimentos: em um dia investimos em um restaurante mais famoso, em outro em um mais simples,  e assim fazemos a viagem caber em nosso bolso. Viajar é possível, basta se planejar de acordo com a sua realidade. Veja nesse vídeo o dia que experimentamos a Moqueca de Meca (https://youtu.be/FNtoQABq8ro). Você já ouviu falar?

Dica 3

Flexibilidade é uma palavra que deve acompanhar todo viajante. Por mais que planejamos, imprevistos acontecem. É uma mudança de clima, atraso no voo, cancelamento de um contrato e quem diria que em 2021 estaríamos todos usando máscara e álcool em gel? Uma das coisas mais belas de uma viagem, é o despertar dos sentidos e admiração pelas pequenas coisas que perdemos quando crescemos. Então se chover, se permita dançar na chuva, busque por programações que possam ser aproveitadas mesmo em dias chuvosos, como museus, shoppings e até um filme com pipoca e brigadeiro.

O voo atrasou? Dê uma volta pelo aeroporto, puxe uma conversa e faça uma nova amizade. A grana está curta para viajar por uma semana? Viaje por três dias e busque por programações gratuitas. Viva esses dias intensamente! Depois dessas três dicas, é só arrumar a mala e partir para viajar, seja 1, 10, 100, 1000 quilômetros. Não há distância para a experiência. Esperamos que estejamos te proporcionando uma parte dessa viagem aqui nessa escrita e em nossos vídeos.

Vemos você leitor, no próximo post! Sempre tenha, uma boa viagem!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

nove + onze =