Serviços turísticos têm queda de 37,2% na Bahia, diz IBGE

Entre novembro e dezembro de 2020, as atividades de serviços ligadas ao turismo mostraram o quinto resultado positivo consecutivo na Bahia, na série com ajuste sazonal. Cresceram 7,6%, o segundo melhor desempenho entre os 12 estados onde esse grupo é investigado separadamente, abaixo apenas do Distrito Federal (16,6%) e bem superior ao do país como um todo (0,0%). Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada hoje (11/02/2021) pelo IBGE.

Ainda assim, na comparação com o mesmo mês de 2019, em dezembro do ano passado o turismo baiano ainda teve queda (-16,7%), a décima seguida nesse confronto e o pior resultado para um mês de dezembro desde o início da série histórica da PMS, em 2011.

Nessa comparação, os serviços ligados ao turismo recuaram em todos os 12 estados e mostraram queda intensa no país como um todo (-29,9%).

Assim, 2020 foi o pior ano para os serviços ligados ao turismo na Bahia desde 2011, com uma queda recorde de 37,2%. O resultado foi próximo ao nacional (-36,7%) e o 6º  pior entre os 12 estados pesquisados. Todos eles mostraram recuos, sendo o menor em Santa Catarina (-30,6%) e o mais intenso no Distrito Federal (-44,2%).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

19 − treze =