A Marina da Penha, no bairro da Ribeira, em Salvador, já tem 60% das obras concluídas. A requalificação do equipamento náutico está inclusa no escopo do Prodetur Bahia, que beneficia 18 municípios do entorno da Baía de Todos-os-Santos. Sob a responsabilidade da Secretaria de Turismo do Estado da Bahia (Setur), o programa é financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Nesta terça-feira (23), o secretário de Turismo do Estado, Fausto Franco, visitou a obra, que inclui a construção de restaurante, cafeteria, prédio administrativo, pequenos auditórios, rampa de acesso, flutuantes e mais de 140 vagas para embarcações, divididas entre secas e molhadas, dentre outros. O equipamento está inserido em uma área de 5,4 mil metros quadrados, sendo 2 mil deles de área construída.

O secretário de Turismo do Estado, Fausto Franco (de branco), visitou a obra nesta terça-feira (Fotos: Daniel Meira/SeturBA)

“Além moderna, a Marina da Penha vai oferecer estruturas adequadas para a chegada e guarda dos barcos, bem como para a recepção dos visitantes. Esta via servirá como mais uma rota para quem desejar desfrutar das belezas e atrativos da Cidade Baixa, a exemplo da própria Ribeira e da Igreja do Bonfim, fomentando comércio e serviços na região”, explicou Fausto, destacando que o valor do investimento no local é de aproximadamente R$ 20 milhões.

Ao todo, a Baía de Todos-os-Santos está recebendo uma intervenção cultural (Museu Wanderley Pinho, em Candeias) e 13 intervenções náuticas, dentre elas, 4 marinas (Penha, em Salvador; Salinas da Margarida; Itaparica; e Cacha Pregos, em Vera Cruz).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

4 × um =