Use Telecom expande serviço de internet residencial em Salvador e Lauro de Freitas

Em 2020, foram mais de R$ 580 mil investidos em materiais e equipamentos para internet residencial

Em um ano atípico, em que a conectividade se tornou ainda mais necessária a Use Telecom – empresa de telecomunicações baiana com serviço de internet 4G de alta velocidade -, registrou um grande aumento no investimento em infraestrutura. A empresa, que fornece serviços nas áreas de telecomunicações, teve o seu maior crescimento na área de internet residencial, além de um crescimento sólido no serviço móvel, inaugurado durante esse período.

Em 2020, foram mais de R$ 580 mil investidos em materiais e equipamentos para internet residencial (Use Premium) em Salvador e Lauro de Freitas e pouco mais de 113 Km de fibra ótica aplicada.

De forma a trazer uma melhor qualidade de vida para as pessoas que estavam em isolamento social e trabalhando em home office, durante o período mais crítico da pandemia, a empresa ampliou os serviços fornecidos e passou a oferecer banda larga e lnk dedicado em dobro para seus clientes, sem custo adicional.

Segundo André Costa, CEO da empresa, 2020 foi um ano difícil, mas também de muito crescimento para a empresa: “É muito gratificante ver o aumento da demanda por nossos serviços, isso mostra a qualidade do que ofertamos. Priorizamos o investimento em infraestrutura para fornecer uma Internet de qualidade e com segurança a todos”, ressaltou Costa.

O crescimento nos números da Use não deve parar por aí. A operadora segue reforçando sua abrangência em serviços e áreas de atuação. No último mês de dezembro, anunciou o lançamento do serviço de Rede Neutra de forma pioneira na Bahia e em Sergipe, que permite que a empresa consiga evoluir em seu processo de expansão, atrelado a qualidade e inovação. Além do início da venda do Use Móvel, chip de internet e telefonia 4G, no auge da pandemia, que hoje já possui cobertura nacional e com acordos em diversos países para roaming internacional.

No âmbito da responsabilidade social, através do ‘Use Solidariedade’ foi possível apoiar diversas comunidades em situação de vulnerabilidade social agravada por conta da pandemia, em parceria com outras instituições. Além de estar junto ao projeto do instituto Baleia Jubarte, numa expedição pela costa brasileira, que buscava estudar o impacto da pandemia na vida das baleias, e ao ‘Brasil Biomas’ com o biólogo Richard Rasmussen, em sua expedição ao Pantanal, bastante impactado com as queimadas que causaram a morte de diversas espécies da fauna brasileira.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

19 − 8 =