Movimentação de cargas nos portos baianos bate recorde em dezembro

Os portos  de Salvador, Aratu-Candeias e Ilhéus registraram um aumento de 31,5% no volume de cargas movimentadas (Foto: Divulgação)

Dezembro de 2020 selou o ano de bons resultados da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba). Os portos  de Salvador, Aratu-Candeias e Ilhéus registraram um aumento de 31,5% no volume de cargas movimentadas, em relação ao mesmo período do ano anterior. Foram 1.095.054 toneladas. O melhor resultado no mês de dezembro já registrado na história da companhia.

O volume acumulado do ano comprova a estabilidade no desempenho econômico dos portos baianos, apesar do cenário internacional adverso, instaurado com a pandemia. Em 2020, foram movimentadas 11.637.780 toneladas, contra 11.648.966 de 2019. Quanto ao tipo de carga, destaque para o aumento na movimentação de produtos gasosos (21,40%), granéis sólidos (9,53%) e carga geral (25,89%).

O Porto de Salvador fechou o balanço anual em 5.197.659 toneladas; alta de 1,28%, em relação a 2019. Contribuíram para o resultado a movimentação de carga geral (carga de projetos, arroz, trigo e borracha), com aumento de 23,53%, e granéis sólidos, 4,81%. Destaque, também, para a exportação de celulose (40.202 toneladas).

O Porto de Aratu-Candeias, predominantemente importador, alcançou a marca anual de 6.118.026 toneladas. O relatório com os dados consolidados, divulgado pela CODEBA, mostra que mais da metade das importações de granéis líquidos, cerca de 70%, foi de NAFTA, um importante insumo para o Pólo Petroquímico de Camaçari. Nas exportações, destaque para o EBTE (22.537 toneladas) e o Butadieno (20.551 toneladas).

Durante todo o ano de 2020, o Porto de Ilhéus manteve o viés de alta sustentável, registrando aumento de 118,46% nas movimentações de carga geral e granéis sólidos. A movimentação de soja e níquel respondem pelo aumento de 291,59% na movimentação de granéis sólidos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × dois =