Governo da Bahia divulga tabela de pagamento do funcionalismo

A tabela de pagamento em 2021 dos servidores ativos, aposentados e pensionistas das administrações direta e indireta, da Bahia, fixando as datas de desembolso dos vencimentos mês a mês, será publicada na edição deste fim de semana (dias 23 e 24) do Diário Oficial do Estado (DOE).

A tabela é uma das principais evidências de equilíbrio fiscal do governo baiano. Em 2020, mesmo no contexto da pandemia de covid-19, a Bahia pagou os salários do funcionalismo rigorosamente em dia, assim como nos anos anteriores, além de ter honrado os compromissos com os fornecedores.

A tabela pode ser consultada no Portal do Servidor. Os funcionários baianos irão receber seus vencimentos geralmente no último dia de cada mês, exceto quando este dia cair em um fim de semana. Nesses casos, o valor será depositado na sexta-feira anterior.

A primeira parcela do 13º salário será quitada ao longo do ano, já que a maior parte dos servidores estaduais opta por receber este adiantamento no mês de aniversário ou junto com as férias. Já a segunda parcela será paga no dia 20 de dezembro.

Valor da folha

O Governo do Estado desembolsa, por mês, de acordo com a Secretaria da Fazenda (Sefaz-BA), o valor de R$ 1,57 bilhão com o pagamento da folha. São 276 mil pessoas, entre ativos, aposentados e pensionistas, informa a Secretaria da Administração (Saeb), que coordena a operação mensal de processamento dos dados da folha, realizada por todas as unidades administrativas do Estado.

O secretário da Fazenda do Estado, Manoel Vitório, ressalta que, com o processo de pandemia ainda em curso e um longo período de falta de crescimento econômico, é importante que o Estado continue com as contas equilibradas. “A manutenção dos pagamentos em dia depende também da atuação dos servidores públicos, tanto os da Fazenda, no contexto da arrecadação, como os das demais secretarias e órgãos estaduais, com a prática da economia e do zelo com o gasto público”, alerta Vitório.

O secretário da Administração, Edelvino Góes, reforça a importância do equilíbrio fiscal para o Estado. “Uma boa gestão administrativa financeira é essencial para que a Bahia mantenha o patamar alcançado nos últimos anos para com a responsabilidade fiscal do Governo do Estado e consiga, neste período de pandemia, publicar uma tabela com as datas de pagamento dos vencimentos dos servidores ativos e dos benefícios, para os inativos e pensionistas”, pontua.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

catorze − quatro =