Omega Geração conclui aquisição de 50% dos Parques Eólicos Ventos da Bahia 1 e 2

A Omega Geração, líder brasileira em geração eólica e solar, e a EDF Renewables, uma das principais empresas globais em energias renováveis, anunciam a conclusão de transação que transferiu à Omega 50% das ações dos Parques Eólicos Ventos da Bahia 1 e Ventos da Bahia 2, localizados nas cidades de Bonito e Mulungu do Morro, na Bahia. As fases 1 e 2 estão 100% operacionais desde 2017 e 2018, respectivamente, com capacidade instalada de 183 MW.

O valor final da transação, anunciada no final de agosto, foi de R$ 680,3 milhões (R$ 661,7 milhões, ajustados pelo capital de giro). A conclusão da aquisição foi sujeita a condições habituais de fechamento, incluindo a aprovação de credores e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

“Com essa aquisição, passamos a operar cerca de 500 MW em conjunto com a Omega Geração, reforçando uma parceria bem-sucedida iniciada em 2018 no Complexo Solar Pirapora”, avalia Paulo Abranches, CEO da EDF Renewables no Brasil.

O Brasil representa um mercado estratégico à EDF Renewables. Estabelecida há cinco anos no país, a empresa alcançará cerca de 1.4 GW bruto em produção de energia renovável até 2023, contribuindo com o objetivo do Grupo EDF de aumentar sua capacidade mundial de energia renovável para 50 GW (incluindo hidro) nos próximos 10 anos.

“A aquisição de 50% das ações do parque Ventos da Bahia, além de fortalecer nosso posicionamento como principal plataforma de geração de energia renovável do Brasil, expande nossa bem-sucedida sociedade com a EDF Renewables. Estamos satisfeitos em expandir nossa presença em uma das principais regiões de energia renovável do Brasil, o interior da Bahia, região em que temos tido muito sucesso com o Complexo Assuruá”, afirma Antonio Bastos, CEO da Omega Geração.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

15 + catorze =