Lojas são autuadas por descumprir protocolos durante Black Friday

Objetivo da operação é verificar se os protocolos setoriais estão sendo cumpridos (Foto: Jefferson Peixoto/Secom)

Equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) estão fiscalizando o cumprimento de protocolos de segurança de enfrentamento à Covid-19 durante a Black Friday, nesta sexta-feira (27). Apenas das 7h ao meio-dia, três lojas foram autuadas por descumprimento das determinações exigidas no horário de abertura. Além dos shoppings, a Sedur está presente durante todo o dia também no comércio de rua da Liberdade, Brotas, Pituba, São Marcos, Pau da Lima, São Cristóvão e Avenida Sete.

As lojas autuadas foram a Lojas Americanas do Caminho de Areia, e Narciso Enxovais e Luza Cosmético, ambas localizadas na Liberdade. Também foram vistoriados os shoppings da Bahia, Salvador, Salvador Norte, Paralela, Bela Vista, Barra, Itaigara, Paseo, Piedade, Center Lapa, Boulevard 161, BrotasCenter e Centro Comercial Evolution. Não foram encontradas irregularidades.

O objetivo da operação é verificar se os protocolos setoriais, elaborados pela Prefeitura, estão sendo cumpridos. Os protocolos principais são quantidade máxima de pessoas no interior das lojas, distanciamento, organização de fila, higienização e uso de equipamentos de segurança, como máscaras.

“A pandemia não acabou. As pessoas têm que ir para as suas compras, mas com segurança. Tem que ter a colaboração do estabelecimento e, principalmente, dos consumidores em ter paciência de fazer suas compras e disciplinarmente respeitar todos os protocolos de segurança. O objetivo é garantir e preservar vidas” destaca o coordenador de operações da Sedur, Everaldo Freitas.

Em caso de identificação de algum tópico dos protocolos setoriais sendo desrespeitados, o estabelecimento é interditado de imediato para evitar que o local seja um foco de transmissão e contaminação do novo coronavírus. As normas podem ser consultadas em www. sucom. ba. gov. br/protocolos-geral-e-especifico/

Denuncie

O consumidor que presenciar qualquer tipo de irregularidade pode registrar a denúncia através do canal de atendimento 160, o Disque Coronavírus. Após abertura, a denúncia é encaminhada diretamente para a fiscalização em campo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

8 + catorze =