Terminais ATU12 e ATU18 do Porto de Aratu serão leiloados em dezembro

Os números foram puxados, principalmente, pelo desempenho do Porto de Aratu-Candeias

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) vai realizar, no dia 18 de dezembro de 2020, o leilão para arrendamento dos terminais ATU12 e ATU18, ambos localizados no Porto Organizado de Aratu-Candeias, administrado pela Codeba. Os avisos de licitação foram publicados nessa quarta-feira (2), no Diário Oficial da União.

Com uma área de aproximadamente 154,916 mil metros quadrados, o terminal ATU12 será destinado à movimentação e armazenagem de granéis minerais e terá contrato de 25 anos com a empresa vencedora. O futuro arrendatário deverá movimentar 66 milhões de toneladas de carga ao longo do período contratual.

A área ATU18, com aproximadamente 51,561 mil  metros quadrados, será designada para o transporte e depósito de granéis vegetais e terá contrato com duração de 15 anos. Nesse período, a licitação prevê uma movimentação total de 20 milhões de toneladas de cargas no terminal.

O Tribunal de Contas da União aprovou os projetos de arrendamento no começo de agosto desse ano. A estimativa do Ministério da Infraestrutura é que sejam investidos R$ 294,5 milhões no terminal ATU12 e R$ 119,8 milhões no ATU18, e sejam gerados mais de 2 mil empregos entre diretos e indiretos. Entre os investimentos nos dois terminais está a construção de novos silos de armazenagem; dragagem de aprofundamento do berço de atracação; e aquisição de sistema e equipamento.

Para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, esse é mais um passo importante do trabalho desenvolvido pelo governo do presidente Bolsonaro de entregar grandes empreendimentos à iniciativa privada. “Essa parceria vai representar uma grande vitória, é o nosso compromisso com o Brasil”, afirmou.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

oito + 7 =