Obra da Odebrecht no Panamá ganha prêmio internacional

Obras de reurbanização de Colón, na Cidade do Panamá, vencem principal prêmio global de engenharia

O projeto de Reforma Urbana de Colón, realizado na Cidade do Panamá pela OEC (Odebrecht Engenharia & Construção) em consórcio com a empresa Cusa, foi premiado como “Melhor Projeto Global do Ano” na oitava edição do Global Best Projects, organizado pela revista norte-americana ENR – Engineering News-Records. Colón concorria com outros dois projetos: a Planta de Tratamento de Água Al Mahsama, no Egito, projeto submetido pela Khatib & Alami, e o Metrô Nordeste de Sidney, na Austrália, apresentado pela Mott MacDonald.

As premiações foram oficialmente anunciadas durante evento que ocorreu hoje, 17 de setembro, em Nova Iorque.

Segundo a revista americana, esses finalistas se destacaram nos critérios em que as obras são avaliadas durante a seleção dos vencedores do concurso, que são: qualidade em design e construção, inovação, segurança, benefício às comunidades e superação de desafios.

Pedro Pinheiro, diretor da OEC no Panamá, destacou que “foi uma grande satisfação receber a notícia de que uma de nossas obras ganhou o prêmio de Melhor Projeto Global do Ano. É um orgulho que a Reurbanização de Colón se tenha recebido esta distinção, sendo um importante estímulo às nossas equipes e à nossa empresa. Este prêmio é para os mais de 3.500 integrantes que fizeram parte da construção do Novo Colón e contribuíram para melhorar a qualidade de vida de mais de 25 mil pessoas”.

Sobre a Reurbanização de Colón

A Renovação Urbana de Colón, para além da construção de infraestruturas, foi um projeto de integração humana. Seu escopo principal foi o desenvolvimento do Residencial Altos de Los Lagos, que incluiu apartamentos, áreas de lazer, instituições públicas e áreas comerciais, mas sua execução representou um desafio maior para humanizar e transformar a vida de mais de 25 mil pessoas, reduzindo os níveis de pobreza e desigualdade.