Fundação Odebrecht sela parceria inédita de inovação

Instituição busca melhoria da gestão da produção da Coopatan, cooperativa parceira da Fundação

Visando contribuir ainda mais para o desenvolvimento sustentável da zona rural do Baixo Sul da Bahia, a Fundação Odebrecht firmou parceria inédita com a Ocyan, empresa do Grupo Odebrecht, para participar do Ocyan Waves, iniciativa de inovação aberta que visa aproximação com o ecossistema de startups na busca de soluções para melhoria dos processos. Com apoio da Innoscience, consultoria de inovação corporativa, serão buscadas startups que possam, por meio da tecnologia, aprimorar a gestão da produção da Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (Coopatan), parceira da Fundação na realização do PDCIS.

Plataforma de inovação lançada em 2019 e reconhecida por diversas premiações nacionais no ramo, o Ocyan Waves contribui para o crescimento e desenvolvimento de negócios, resolvendo desafios de forma eficiente e inovadora. De acordo com Nir Lander, responsável por Pessoas, Comunicação, Tecnologia e Administrativo na Ocyan e membro do Conselho de Curadores da Fundação Odebrecht, essa plataforma pode trazer ainda mais valor para o PDCIS.  “Considerando que temos um programa estruturado de inovação aberta, enxergamos oportunidades que podem agregar valor ao PDCIS por meio de tecnologia aplicada aos desafios enfrentados pelos jovens no campo, buscando a otimização de processos, redução de custos, profissionalização da gestão e atração de novos parceiros que acreditam na causa”, afirma.

Para Fabio Wanderley, superintendente da Fundação Odebrecht, a parceria inédita voltada à inovação com o apoio da Ocyan reforça a estratégia da instituição em promover o desenvolvimento territorial sustentável a partir de frentes de atuação integradas e sinérgicas, como a inovação e tecnologia aplicada à zona rural. “Estar nesse projeto ao lado da Ocyan, nossa parceira dentro do Grupo Odebrecht, é muito relevante. A partir da tecnologia, entendemos ser possível otimizar a forma como as instituições do PDCIS trabalham, a exemplo da Coopatan. Com isso, ganhamos força junto aos parceiros comerciais e podemos conquistar resultados ainda mais impactantes para os produtores rurais que trabalham junto à cooperativa”, afirma.

Experiências

Fabiano Souza, responsável pelo Ocyan Waves na Ocyan, reforça que tem sido um ótimo momento compartilhar experiências com a Fundação e apoiá-la em sua jornada de inovação. “Mais do que nunca, inovação e tecnologia são o caminho para conduzir as organizações para este novo futuro conectado e integrado. A conexão com o ecossistema de startups é uma forma de inovar, resolvendo ‘dores’ da organização, agregando tecnologia, ampliando produtividade, reduzindo custos e consequentemente aumentando a sua eficiência”, comenta Souza.

Com previsão de conclusão em dezembro de 2020, o projeto de inovação vai impactar diretamente os mais de 300 agricultores familiares associados à cooperativa e suas respectivas famílias. Para a Coopatan, buscar por novos processos significa “intensificar o apoio para o planejamento dos cultivos, controle de remessa para a cooperativa, rastreamento e consequentemente melhores condições de comercialização”, afirma Juscelino Macedo, Presidente da Coopatan.

Há 20 anos, a cooperativa sediada no município baiano de Presidente Tancredo Neves, na zona rural do Baixo Sul da Bahia, promove o desenvolvimento econômico para centenas de agricultores. Com bons resultados alcançados – apenas no primeiro semestre, foram produzidas mais de 330 toneladas de alimentos e a instituição registrou um faturamento superior a R$ 9 milhões –, a Coopatan evidencia que o modelo do cooperativismo pode dar certo quando existe o comprometimento dos associados e as condições necessárias para produção agrícola.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

10 + 12 =