TIM aposta em antena sustentável para reforçar cobertura na Bahia

Biosite traz avanço tecnológico e de qualidade de rede com menor impacto visual na cidade (Foto: Divulgação)

Como parte do plano de expansão da sua cobertura sustentável, de forma inovadora e com foco em qualidade, a TIM já possui um total de 46 biosites ativos na Bahia, sendo 23 em Salvador. Dentre os municípios baianos que já possuem a nova tecnologia, além de Salvador, estão: Feira de Santana, Vitória da Conquista, Senhor do Bonfim, Ipirá, Santo Estevão, Jeremoabo, Jaguarari, Dias D’ Ávila e Conceição do Jacuípe. Outro estado contemplado foi Sergipe, com quatro biosites em Aracaju.

As torres têm aparência de um poste metálico que acomoda no seu interior equipamentos de telecomunicações (2G, 3G e 4G). Até o final do ano, a expectativa é que sejam instalados mais 15 biosites em Salvador e mais 11 em Aracaju, ampliando consideravelmente a capacidade de rede local.

A solução, desenvolvida e patenteada pela TIM, reforça a cobertura em locais de alta densidade de tráfego de voz e dados, sem impacto ao meio ambiente urbano pela simplicidade da estrutura e facilidade de instalação. Em abril, a companhia fechou o mês com 1.631 biosites ativos acumulados em 289 municípios. Com isso, o equipamento está presente em 26 das 27 unidades federativas , sendo 25 capitais.

O biosite é um poste capaz de suportar todos os equipamentos necessários para a instalação de uma Estação Rádio Base (ERB) no interior de sua própria estrutura. As antenas são percebidas como um prolongamento do próprio poste. A utilização deste formato, similar aos postes de iluminação existentes na cidade, evita a necessidade de gabinetes externos ou de uma estrutura auxiliar. Esta estrutura também poderá ser disponibilizada para uso de câmeras de segurança.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro × três =