Prefeitura inicia operação especial nas agências da Caixa na segunda

Os detalhes foram apresentados à imprensa nesta sexta-feira (8) pelo prefeito ACM Neto (Foto: Valter Pontes/Secom)

A partir de segunda-feira (11), as 46 agências da Caixa Econômica Federal  que funcionam em Salvador serão alvo de uma operação especial de ordenamento das filas, a ser promovida pela Prefeitura. A iniciativa será comandada pela Guarda Civil Municipal (GCM), com apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) e a intenção é evitar as aglomerações provocadas pelos cidadãos em busca dos benefícios sociais concedidos emergencialmente devido à pandemia e, assim, a disseminação e contaminação pelo novo coronavírus.

Os detalhes foram apresentados à imprensa nesta sexta-feira (8) pelo prefeito ACM Neto, durante a entrega de mais um posto de distribuição de refeições para pessoas em situação de vulnerabilidade social, desta vez na área do Estacionamento São Raimundo, nos Barris. Também estiveram presentes o vice-prefeito Bruno Reis, os secretários Ana Paula Matos (Promoção Social e Combate à Pobreza) e Sérgio Guanabara (Sedur), além do diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência (Susprev), Maurício Lima, e o inspetor-geral da GCM, Marcelo Silva.

A operação especial vai envolver 160 guardas municipais diariamente. O ordenamento das filas terá também a disponibilização de 4 mil cadeiras, distribuídas entre todas as agências e que serão destinadas, preferencialmente, a pessoas idosas, pessoas com deficiência e gestantes. Nesses locais, haverá também distribuição de máscaras e aferição de temperatura.

ACM Neto ressaltou que, mesmo não sendo atribuição do Município, a Prefeitura buscou uma alternativa para minimizar situações como filas de até 2km, registradas em algumas agências da Caixa na capital baiana. “A situação gerou aglomerações e os locais se tornaram espaços potenciais de disseminação e aumento da contaminação pelo novo coronavírus. Isso também causou pressão no transporte público, com aumento do número de passageiros que iam até a Caixa. Sendo assim, iniciamos a atuação da GCM em dez agências e, a partir de segunda, todas elas terão a presença da Guarda Municipal”, explicou o prefeito.

Distribuição de refeições

Assim como a estrutura inaugurada em Itapuã, a unidade de distribuição de refeições nos Barris tem como intuito dar mais conforto e segurança para que pessoas em vulnerabilidade social possam se alimentar. Administrado pela Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), o serviço está instalado em uma área de 4,3 mil m² e, além da logística de distribuição diária das 500 quentinhas e kit lanche, há uma área específica para que os cidadãos possam sentar e se alimentar sem aglomerações. São feitos também distribuição de máscaras e atendimento social.

O diferencial desta unidade é a presença de um contêiner com sete boxes de banheiros, instalados com chuveiros, pias e vasos sanitários (quatro para homens e três para mulheres). Ao lado, há uma lavanderia pública com capacidade para lavar 15 quilos de roupas e atender uma média de 50 pessoas por dia. Estas estruturas funcionam diariamente, das 8h às 17h, e conta com profissionais de serviços gerais e agentes de segurança.

A quentinha entregue contém dois carboidratos (arroz ou macarrão e feijão), além de proteína, salada e o suco. O assistido leva o almoço e mais um kit lanche, com fruta, sanduíche e biscoito suco, prevalecendo a segurança alimentar dos assistidos. Outras unidades a serem entregues pela Prefeitura estarão localizadas em Pau da Lima e no fim de linha da Barroquinha.

Com a refeição em mãos, Paulo Vinícius Santos, de 31 anos, ressaltou a importância da iniciativa. “Graças à Prefeitura temos comida hoje, é oferecido abrigo, não nos sentimos um ninguém. Não esperava este tipo de ação, que dá mais dignidade pra gente”, afirmou.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × 4 =