ABIH busca apoio governamental para evitar demissões em massa

A melhora foi verificada tanto para os hotéis voltados para o público de lazer quanto para os que atendem o corporativo

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH-BA) segue, diariamente, ouvindo os associados por todo o estado da Bahia dando suporte institucional, orientando quanto aos procedimentos de prevenção do novo coronavírus (Covid-19) e no auxílio na negociação com os sindicatos. Em nota, a entidade diz que a “situação é grave, alguns hotéis já começaram a suspender as suas atividades e, se não tivermos um apoio governamental, sobretudo do Governo Federal, ficará ainda pior com o verdadeiro colapso na hotelaria baiana – impactando milhares de famílias”.

Com o objetivo de evitar cancelamentos de contratos de trabalho em larga escala e o fechamento de hotéis, a ABIH-BA tem solicitado o apoio dos governos federal e estadual e dos municípios situados nas zonas turísticas do Estado, bem como de bancos de desenvolvimento, privados e apoio institucional dos mais diversos segmentos.

“O setor de hotelaria é responsável por gerar emprego e renda para milhares de pessoas e com os fechamentos que estão ocorrendo, não haverá capital de giro suficiente para suprir todas as demandas trabalhistas que poderão existir. É extremamente importante haver uma flexibilização dos sindicatos nas negociações, considerando que a finalidade de evitar as rescisões de contrato de trabalho e que o empregado fique seguro de que, passada a crise, volte a ter seu emprego de volta”, pondera Luciano Lopes, presidente da entidade.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 + 1 =