Investimentos em previdência privada crescem 5,8% na Bahia

Ddurvalice: "O crescimento da previdência privada, tanto local quanto nacional, é expressivo" (Foto: Divulgação)

De acordo com a Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), entre novembro de 2018 e novembro de 2019, o número de contratações da previdência privada aumentou 5,8% na Bahia. A nível nacional, o crescimento foi de 11,6%, considerando que a análise compreende o PGBL e o VGBL, os tipos de previdência mais comuns no mercado.

“O crescimento da previdência privada, tanto local quanto nacional, é expressivo e tem relação direta com a reforma da Previdência. As pessoas cada vez mais tendem a começar a investir o quando antes e a longo prazo com o objetivo de garantir uma renda no futuro, com o olhar na aposentadoria”, explica a diretora do Sindicato das Seguradoras, Durvalice Fontana.

Informações sobre os tipos

PGBL – Plano Gerador de Benefícios Livres: é indicado para quem faz a declaração completa do imposto de renda. O investidor pode deduzir do imposto o valor investido no plano de previdência durante o ano respeitando o limite de 12% da sua renda bruta. Quando for retirar o dinheiro, o imposto pago será sobre o valor total resgatado, ou seja, o valor investido acrescido dos rendimentos no período.

VGBL – Vida Gerador de Benefícios Livres: é recomendado tanto para quem declara o imposto de renda no formulário quando para quem é isento. Nessa opção, não é possível abater as aplicações feitas durante o ano. No entanto, no momento da retirada, o imposto a ser pago compreende apenas o valor dos rendimentos e não o valor total acumulado.

“A principal diferença entre eles é quanto você irá pagar no imposto de renda. Inclusive, na hora da contratação, é importante estar atento e escolher uma das seguradoras que não cobram taxa de carregamento”, finaliza Durvalice.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

4 × dois =