São Desidério volta a ter maior PIB agropecuário do país, diz IBGE

O resultado só não foi pior para São Desidério por causa do aumento na produção e no valor do algodão (Foto: Abapa)

O bom desempenho das lavouras de algodão e soja, em 2017,  levaram o município de São Desidério, no Oeste baiano, a ocupar novamente o posto de maior PIB agropecuário do país, com um valor gerado de R$ 1,5 bilhão, o que representou 66,5% da economia da cidade.

Em 2016, em consequência sobretudo da seca que atingiu boa parte da Bahia, São Desidério havia deixado o topo do ranking do valor gerado pela agropecuária, caindo para a 12ª posição. Os dados são do PIB dos Municípios 2017 para a Bahia, divulgados hoje pelo IBGE.

Em 2017, além de São Desidério, Formosa do Rio Preto, também na região Oeste da Bahia, voltou a estar entre os 20 maiores PIB agropecuários do Brasil, subindo da 42ª para a 7ª posição, em um ano.

A recuperação das lavouras de commodities também fez São Desidério e Formosa do Rio Preto liderarem o ganho de participação no PIB baiano entre 2016 e 2017.

Nesse intervalo, o PIB de São Desidério, em valores nominais correntes de cada ano, passou de R$ 1,5 bilhão para R$ 2,4 bilhões, e o município avançou de uma participação de 0,58% para 0,88% do PIB do estado.

Já Formosa de Rio Preto viu seu PIB (em valores nominais) passar de R$ 989,8 milhões em 2016 para R$ 1,7 bilhão em 2017 e subiu de uma participação de 0,38% para 0,65% do PIB baiano.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 × 2 =