Contratação do seguro viagem aumenta quase 50% na Bahia

De acordo com dados da Superintendência de Seguros Privados (Susep), o número de contratações do seguro viagem na Bahia cresceu 47,30% em um ano. Entre agosto de 2018 e agosto de 2019, houve um salto de pouco mais de 1,8 milhão para cerca de 2,7 milhões novos contratos gerados pelas seguradoras. Extravios e atrasos de bagagem, atendimento médico, acidentes pessoais, assistência jurídica e perda de documentos são algumas das principais coberturas disponíveis para quem adquire o serviço.

“O brasileiro está mais consciente em relação aos imprevistos que podem acontecer em uma viagem e o quanto é importante ter um suporte. Os EUA, por exemplo, possuem um dos serviços de saúde mais caros do mundo, com o atendimento básico na emergência custando cerca de US$ 2,5 mil. Já uma operação de apendicite com um dia de internação, por exemplo, pode custar em torno de US$ 15 mil”, explica Nelson Uzêda, diretor do Sindicato das Seguradoras (Sindseg BA/SE/TO).

Segundo a regulamentação vigente desde 2014 sob aprovação do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), as seguradoras ampliaram as coberturas obrigatórias para viagens nacionais e internacionais, incluindo despesas médicas, hospitalares e odontológicas. Antes, eram exclusivamente nos casos de morte e invalidez permanente.

“Antes de viajar para fora do Brasil consultei alguns amigos e constatei que era essencial. Além da preocupação com a bagagem, o foco era relacionado à saúde porque o sistema dos EUA é totalmente diferente do nosso. No meio da viagem tive um problema de saúde, precisei acionar e fui prontamente atendido, inclusive por um médico do Albert Einstein, de São Paulo, através de videoconferência com orientação necessária e relatório enviado por e-mail. Como o meu caso era relativamente simples, foi o suficiente”, explica o analista de sistemas Yuri Guimarães.

Os tipos de seguro viagem variam de acordo com a necessidade das pessoas, podendo abranger, inclusive, pets, esportistas, executivos, entre outros que demandam coberturas específicas. Para destinos internacionais, o custo diário fica em média entre R$ 9,00 e R$ 25,00 e, para os nacionais, o investimento é de R$ 2,00 a R$ 4,00 por dia. Na Europa, assim como em países como Cuba, Equador, Venezuela e Austrália, esse tipo de seguro é obrigatório.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

4 × quatro =