Vanádio de Maracás investe R$83 milhões na ampliação de unidade

A capacidade de produção da unidade terá um aumento de 37% a partir de 2020 (Fotos: Carla Ornelas/GOVBA)

A Vanádio de Maracás, do grupo canadense Largo Resources, que produz 7% da demanda mundial de pentóxido de vanádio e exporta 100% do seu produto, vai investir R$ 83 milhões na ampliação e modernização da planta mineiro-industrial no município de Maracás. De acordo com o diretor da empresa, Nilson Chaves, os equipamentos já chegaram e estão sendo instalados e testados.

“Em setembro, já sentiremos melhora na produção e, no início de 2020, devemos atingir o aumento de 37% previstos. Vamos manter os 373 empregos existentes e promover a geração de 25 novos empregos diretos”, diz.

“Um dos procedimentos que passamos a executar foi a assinatura de protocolos com empresas de setores diferentes, para modernizar e dar mais celeridade ao atendimento. Acreditamos que isso ajuda a fomentar novos negócios e aumentar o network entre os empresários que investem no nosso estado”, afirma Luiz Gugé, chefe de Gabinete e secretário em exercício da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

6 + 12 =