IEL comemora 50 anos com novos focos de atuação

Mazo: "Queremos ser referência na conexão de empresas com centro de pesquisas e inovação" (Foto: Marcelo Gandra/ Coperphoto/Sistema Fieb)

Estimular a gestão da inovação nas empresas baianas e ajudar jovens e profissionais a planejar suas carreiras, de olho nas demandas do mercado de trabalho, são os focos de atuação do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-BA), que celebra 50 anos em 2019. Na Bahia, as comemorações acontecem na próxima quinta-feira, dia 29 de agosto, em evento para convidados no auditório da Federação das Indústrias da Bahia (Fieb).

A programação do evento comemorativo dos 50 anos do IEL também inclui a cerimônia da 16ª edição do Prêmio de Estágio. Promovida em parceria com o Fórum de Estágio da Bahia, a premiação visa valorizar as práticas de estágio de empresas, estagiários, órgãos públicos e instituições de ensino.

Na edição de 2019, entre as empresas finalistas estão Coelba, Frysk Industrial, Kordsa, Sebrae, Sicoob, SoftLine Sistemas e Tecon Salvador. Na categoria órgão público, concorrem ao prêmio a Prefeitura de Guanambi, a Procuradoria Geral do Estado da Bahia (PGE) e a Prefeitura de Salvador. Já as instituições de ensino finalistas são a Unifacs, a Faculdade Baiana de Direito e o Unifg Centro Universitário. Além disso, seis estudantes baianos estão concorrendo na categoria estagiário destaque.

Os vencedores da etapa estadual do Prêmio de Estágio concorrem à premiação nacional, que acontecerá em novembro, em Salvador, quando também acontecerá o Workshop IEL de Carreiras 2019.

Criado em 1969 para promover a interação entre a universidade e a indústria, por meio do estágio supervisionado, o IEL-BA alocou mais de 290 mil estagiários desde 2008. “O estágio é a porta de entrada no mercado de trabalho, o início do desenvolvimento da carreira de um profissional. Nosso papel é inspirar, orientar e apoiar os jovens, ajudando-os a se conhecer e planejar a carreira de maneira sistêmica para o novo mercado de trabalho”, ressalta o superintendente do IEL, Evandro Mazo.

Diversificação do portfólio

Ao longo de sua trajetória, o instituto passou a oferecer outros serviços na área de desenvolvimento de carreiras, como o Programa de Jovem Aprendiz; programas de bolsa, trainee e estágio de pós-graduação; Seleção de Profissionais e Capacitações de Carreiras.

O portfólio também conta com serviços voltados para apoiar a competitividade das empresas baianas. Imprescindível para o desenvolvimento das organizações, a inovação passou a ser um dos principais focos de atuação do IEL. Em 2014, foi criada a Tecnologia JOIN, que auxilia a gestão da inovação. Desde então, mais de 100 empresas adotaram a metodologia e cerca de 200 ações com o Join foram realizadas em Salvador e interior do estado.

“Apoiamos as empresas a se reinventarem sistematicamente. Queremos ser referência na conexão de empresas com centro de pesquisas e inovação para promover a inovação, principalmente nos modelos de negócios”, destaca o superintendente do IEL.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

dez − dois =