São Caetano receberá escola completamente reconstruída em 2020

A demolição da antiga estrutura foi autorizada nesta quarta-feira pelo prefeito ACM Neto (Fotos: Valter Pontes/Secom)

Uma das mais tradicionais instituições de ensino do bairro de São Caetano, a Escola Municipal Francisco Mangabeira, localizada na Avenida Nestor Duarte, ganhará uma nova estrutura – mais ampla e confortável – em 2020. A demolição da antiga estrutura foi autorizada no local nesta quarta-feira (27) pelo prefeito ACM Neto, que também assinou ordem de serviço para reconstrução imediata da unidade de ensino.

A iniciativa faz parte da programação comemorativa do aniversário de 470 anos de Salvador e teve um toque especial com a apresentação do grupo de fanfarra da vizinha Escola Municipal Helena Magalhães, marcando também o Dia Nacional da Fanfarra. Ao lado do secretário municipal da Educação (Smed), Bruno Barral, demais autoridades, comunidade escolar e população, o prefeito ressaltou que o novo imóvel será construído com padrão de excelência.

ACM Neto: “Será uma escola moderna, bem equipada, confortável e segura”

“Será uma escola moderna, bem equipada, confortável, segura e que não vai deixar a dever a qualquer escola particular de Salvador. Todas as salas de aula serão climatizadas com ar-condicionado e terá até mesmo uma bela novidade: uma quadra para as crianças e para a comunidade, a ser instalada na cobertura da instituição. É uma unidade que vai atender a todas as demandas de matrícula da região”, pontuou o prefeito.

A diretora da instituição, Ana Mônica Lima, relembrou os 14 anos de atuação na Francisco Mangabeira e agradeceu pela reconstrução do imóvel. “É um momento de celebrar a realização desse sonho. Obrigada à Prefeitura pela oportunidade de fazer essa ação aqui e, assim, darmos uma educação de qualidade às crianças”, salientou.

Nova estrutura

A nova escola vai atender a crianças do grupo 5, Ensino Fundamental I e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Com uma área de 1.170,33 m², a unidade terá oito salas de aula, uma sala multiuso, sala de leitura, sala de professores, sala de Atendimento Educacional Especializado, diretoria, secretaria, coordenação, área de recreio, guarita, subestação, depósitos, cozinha, refeitório, elevador, quadra poliesportiva, área para triagem de alimentos, estacionamento e banheiros.

A unidade de ensino é adaptada para pessoas com deficiência, por isso conta com elevador e banheiros apropriados. O investimento foi de aproximadamente R$ 3,5 milhões de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), com contrapartida do município.

Reconstruções

Ao todo, 16 unidades escolares estão sendo demolidas e reconstruídas pela Prefeitura, ação que soma investimentos da ordem de R$ 96 milhões. Até o momento, a intervenção é realizada nas escolas de Plataforma, Bom Juá, Fazenda Grande do Retiro, Boa Vista do Lobato, Engenho Velho da Federação, Nova Sussuarana, Pau Miúdo, São Cristóvão, Fazenda Coutos, Calabar, Ribeira, Palestina e Lobato.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezenove − treze =