Prefeitura inicia programa de recuperação e humanização de pontes e viadutos

A solenidade foi comandada pelo prefeito ACM Neto e pelo vice Bruno Reis (Fotos: Valter Pontes/Secom)

Salvador ganhou hoje (28), às vésperas de completar 470 anos, o Programa de Recuperação e Humanização de Pontes e Viadutos. O lançamento aconteceu nesta quinta-feira (28), na primeira localidade a ser beneficiada: a Terceira Ponte, situada na Avenida Octávio Mangabeira, em Jaguaribe. A solenidade foi comandada pelo prefeito ACM Neto e pelo vice Bruno Reis, também secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra).

O investimento no local será de R$1 milhão, de um total de R$5 milhões nesta fase inicial do programa. Na ocasião, o prefeito salientou que o principal ponto do programa é o caráter preventivo.

“Já vimos acontecer diversos desastres no Brasil e no mundo inteiro de viadutos e pontes que desabam por falta de manutenção e apoio na infraestrutura. Salvador tem viadutos e pontes construídos há décadas e que não receberam o devido cuidado e manutenção. Estamos buscando o que há de mais moderno na técnica de engenharia e, a partir da identificação do laudo criterioso sobre cada um dos equipamentos, vamos selecionar as prioridades. A ideia é de que essa ação seja uma política permanente da Prefeitura”, afirmou o prefeito.

Coordenada pela Seinfra, a iniciativa terá a participação de diversos órgãos municipais e foi dividida em duas etapas, sendo a primeira delas a recuperação estrutural dos viadutos e pontes, para dar mais segurança aos transeuntes e veículos.

Serão efetuados serviços para recompor as características técnicas iniciais com foco na recuperação das ferragens e do concreto, elementos fundamentais nas estruturas. A segunda etapa envolve a humanização das áreas localizadas embaixo dos equipamentos, transformando os locais em espaços de convivência e lazer.

A Terceira Ponte, situada na Avenida Octávio Mangabeira, em Jaguaribe, receberá investimento de R$ 1 milhão

Estudos

De acordo com o vice-prefeito e titular da Seinfra, já foi contratado um primeiro estudo especializado de 27 viadutos e outro será fechado para avaliação e busca de solução para outras 24 estruturas do tipo, totalizando 51 equipamentos da cidade. “Este é um programa pioneiro no Brasil, que vai prevenir e evitar que catástrofes ocorram, e que é lançado justamente na Semana de Resiliência, que acontece em Salvador”, pontuou Bruno Reis.

Todos os equipamentos já passaram ou estão passando por um diagnóstico minucioso, para que sejam levantadas as necessidades e prioridades de cada um. De acordo com a Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop), o processo de recuperação das pontes e viadutos ocorrerá em etapas e de forma gradativa, a partir dos diagnósticos levantados.

Dentre os viadutos que serão restaurados estão o Rômulo Almeida (Vasco da Gama), Pitangueiras (Brotas), Baixinha de Santo Antônio (Baixinha de Santo Antônio), São Raimundo (Barris), Arco do Aquidabã (Aquidabã), dos Motoristas (Largo do Tanque) e Gabriela (Canela).

Humanização

Na parte da humanização, o prefeito salientou que essa ideia, já implantada em outras cidades do mundo, tem o objetivo de aproveitar a área embaixo dos viadutos para construir equipamentos urbanos – iniciativa que promove, dentre outros benefícios, mais segurança para as pessoas que transitam por esses locais. As áreas, que serão transformadas em praças, ganharão itens como iluminação, paisagismo, academia de saúde, quadra poliesportiva e grafitagem.

Demais programas

Além da recuperação e humanização de pontes e viadutos, a Prefeitura tem desenvolvido outros programas, através da Seinfra, que vão intensificar ainda mais as melhorias na infraestrutura da cidade. Dentre elas está o Programa de Requalificação e Cobertura de Córregos e Canais, iniciado no Vale das Pedrinhas e na Rua Cônego Pereira; o de Requalificação de Mercados e Feiras de Salvador, que já atua no Mercado São Miguel, na Baixa dos Sapateiros; e, em fase de elaboração, o de abertura de vias, para melhorar a mobilidade nos bairros.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

4 × três =