Programa troca lixo reciclável por alimentos e cursos de capacitação

A Casa SO+MA foi inaugurada na região do subúrbio hoje pela manhã (Fotos: Bruno Concha/Secom)

0A partir do hábito de separar resíduos recicláveis é possível obter pontos para serem trocados por alimentos e até descontos em cursos profissionalizantes. No Subúrbio de Salvador, isso já é uma realidade. A Casa SO+MA foi inaugurada na região na quinta-feira (21). Trata-se de um espaço situado na Praça da Revolução, em Periperi, onde os cidadãos podem realizar um cadastro gratuito e entregar materiais reaproveitáveis, como latinhas, garrafa pet, tampinhas, lacres, jornais, revistas, copos e sacolas plásticas.

A ação faz parte do programa SO+MA Vantagens, que já é realizado em São Paulo e Curitiba. Os participantes acumulam créditos que podem ser revertidos em produtos da cesta básica como feijão, arroz ou café. Ou, ainda, em desconto em empresas parceiras do programa, com cursos de pequena duração como cabeleireiro, corte e costura, e de cuidador de idosos. Os benefícios podem ser requeridos na própria Casa SO+MA.

A iniciativa, que conta com parceria da Prefeitura, através da através da Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), além de apoio da marca Viva Schin e startup Solos, se utiliza da mesma lógica de qualquer outro programa de fidelidade, com um diferencial: o comportamento é a moeda de troca. Isto é, quanto maior a quantidade de itens levados, mais pontos são ganhos.

“O programa procura associar a questão ambiental à oportunidade social. Temos mais de 1.500 famílias participantes do programa e mais de 100 toneladas de materiais encaminhados para a reciclagem, em dois anos de atuação”, explica a idealizadora do SO+MA Vantagens, Cláudia Pires.

Para o titular da Secis, André Fraga, o programa vai incentivar a política de coleta seletiva na capital baiana. “É um desafio muito grande colocar em prática a coleta seletiva. A Política Nacional de Resíduos Sólidos traz como princípio a logística reversa e responsabilidades compartilhadas, e a Casa SO+MA traz exatamente o que é orientado, promovendo conexão entra a sociedade civil, setor privado, poder publico e o cidadão.”

Os materiais entregues pela população na Casa SO+MA serão coletados semanalmente pela Cooperguary

Coleta

Os materiais entregues pela população na Casa SO+MA serão coletados semanalmente pela Cooperativa dos Agentes Ecológicos do Paraguary (Cooperguary) e encaminhados para a sede da entidade. Não são aceitos baterias, lâmpadas, medicamentos, isopor nem lixo orgânico. A estrutura funciona de segunda a sexta, das 8h às 18h, e sábado, das 9h às 12h.

De acordo com o diretor administrativo da Cooperguary, Genilvado Ribeiro, conhecido como Tico, a iniciativa vai gerar renda para a comunidade. “Mais de 30 famílias serão beneficiadas diretamente”, destacou. Morador de Periperi, Carlos Antônio Anunciação dos Anjos, 59 anos, fez cadastro e elogiou a ação sustentável: “É uma boa iniciativa, que deixará o bairro mais limpo e incentivará nós, moradores, a ter uma vida saudável.” Mais informações podem ser obtidas pelo site www.somavantagens.com.br.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

16 + 17 =