Senai Cimatec e Marinha do Brasil assinam acordo de cooperação

Para Ricardo Alban, o acordo deverá gerar uma série de oportunidades de desenvolvimento de relevantes projetos de avançadas tecnologias

Nesta quinta-feira (17), o Senai  Cimatec e a Marinha do Brasil firmarão um acordo de cooperação científica e tecnológica para intercâmbio de recursos técnicos e humanos, com foco nas áreas de mecatrônica, robótica, modelagem computacional e materiais. Com duração de cinco anos prorrogáveis por mais um, a parceria prevê a construção de um veículo autônomo submarino e seis veículos de superfície não tripulados.

Para Ricardo Alban, presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), o acordo deverá gerar uma série de oportunidades de desenvolvimento de relevantes projetos de avançadas tecnologias. “A Marinha do Brasil tem destacada atuação em Ciência e Tecnologia no mundo e o acordo permitirá uma atuação sinérgica em prol do desenvolvimento tecnológico brasileiro”, afirma.

“O acordo possibilitará o desenvolvimento de produtos e sistemas voltados à área militar, prioritariamente o desenvolvimento de veículos autônomos submarinos, utilizando tecnologia nacional de alto nível, já dominada pelo Cimatec”, afirmou o Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, Comandante do 2° Distrito Naval.

TECNOLOGIA SUBMARINA

Em 2012, o Senai  Cimatec iniciou o desenvolvimento de um projeto inovador na fronteira tecnológica: o FlatFish. Em parceria com a Shell e a DFKI – German Research Centre for Artificial Intelligence (Centro Alemão de Pesquisa em Inteligência Artificial), o veículo autônomo submarino foi desenvolvido para realizar inspeções visuais tridimensionais de alta resolução para avançar os níveis de exploração de petróleo e gás em águas profundas. A experiência adquirida no projeto será fundamental na execução da parceria, que prevê o desenvolvimento de outros veículos de inspeção.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

vinte − dois =