Prefeitura investe R$ 9,9 mi em obras no barro de São Cristóvão

As obras envolvem a requalificação de um quilômetro da Avenida São Cristóvão e mais 650 metros da 1ª Travessa 3 de Maio (Fotos: Valter Pontes/Secom)

Os constantes alagamentos, irregularidades no piso e até mesmo buracos vão, finalmente, fazer parte do passado para quem trafega na Avenida São Cristóvão, no bairro de mesmo nome e um dos principais acessos para o aeroporto. O pontapé foi dado pela Prefeitura de Salvador nesta quarta-feira (30), com o início imediato das obras na via. A ordem de serviço foi assinada no local pelo prefeito ACM Neto, acompanhado do vice-prefeito Bruno Reis; do secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Almir Melo, e do superintendente de Obras Públicas (Sucop), Orlando Castro.

O prefeito salientou que essa é uma obra muito importante para o bairro, que sempre sofreu com os problemas causados pelo período chuvoso na avenida. “As chuvas transformavam aqui em um verdadeiro piscinão e multiplicavam os buracos na via. Isso só poderia ser resolvido com um projeto completo como esse que está sendo iniciado hoje, que envolve todo o serviço de drenagem, trabalho na base e sub-base, além da mudança inteira do perfil urbanístico deste que é um dos principais acessos de Salvador”, completou ACM Neto.

Com investimento superior a R$9,9 milhões, as obras envolvem a requalificação de um quilômetro da Avenida São Cristóvão e mais 650 metros da 1ª Travessa 3 de Maio. De acordo com o secretário Almir Melo, haverão três linhas principais de drenagem: uma que atinge toda a extensão da via, desde o posto de gasolina até a quadra de futebol; a segunda em frente a uma garagem de ônibus, que acabará com os alagamentos de um conjunto habitacional vizinho; e a terceira na entrada da Avenida Aliomar Baleeiro (Estrada Velha do Aeroporto), próxima ao shopping.

Serão executados outros serviços como requalificação do pavimento com piso intertravado, semelhante à realizada na Baixa do Fiscal, instalação de granito no meio-fio e de ciclovia na via central. A via ainda ganhará iluminação em LED, sistema eficiente que já foi implantado em outros locais de Salvador, como nas avenidas Afrânio Peixoto (Suburbana), Manoel Dias e Luís Viana Filho (Paralela).

As obras na região devem durar aproximadamente 12 meses. “Pedimos apenas paciência aos comerciantes e moradores durante esse período. Estamos pedindo à empresa para que possa concluir mais rápido essa intervenção”, afirmou o titular da Seinfra.

O prefeito ACM Neto salientou que essa é uma obra muito importante para o bairro

Investimentos

Desde o início da atual gestão municipal, diversos investimentos foram realizados em vias públicas da capital, tanto no quesito de requalificação quanto de construção. No próprio bairro de São Cristóvão, a criação de um binário que possibilitou o sentido único na Avenida Aliomar Baleeiro (sentido shopping) e retorno pelas ruas Lauro de Freitas e Três de Maio, sentido Estrada Velha do Aeroporto.

A Avenida Mãe Stella de Oxóssi, em Stella Maris, é um outro exemplo deste processo de investimento em mobilidade na cidade. O acesso, entregue à população este ano, foi projetado para melhorar tanto a mobilidade no bairro quanto o tráfego na Paralela.

Iniciativa também relevante para melhoria na mobilidade urbana, a Avenida Dois de Julho, construída para ligar Cajazeiras à BR-324, é responsável por desafogar o tráfego de locais como a Via Regional, Castelo Branco, Estrada do Matadouro e da Estrada Velha do Aeroporto. Com fluxo diário estimado em 4 mil veículos, a avenida responde atualmente por um baixo índice de acidentes, sendo que não há registros de incidentes de alta gravidade.

Outro projeto importante foi a construção da Avenida Jorge Calmon, ligação viária entre Cajazeiras X e V. Inaugurada no início de 2016, a obra possui 1,5 quilômetro de extensão e inicia entre a 13ª Delegacia de Polícia e o Mercado Municipal, com sentido único em direção a Cajazeiras V. Aprovada por moradores, desafogou o tráfego e deu maior comodidade para quem passa pela região.

A próxima grande intervenção será a requalificação da Estrada Velha do Aeroporto, com obras a serem iniciadas no primeiro semestre deste ano. Com investimento de cerca de R$50 milhões, a intenção é melhorar o traçado dos 16,6km de via em trechos críticos e nos acessos aos bairros da poligonal da avenida. A lista de ações inclui o alargamento da via, instalação de passeios com piso tátil, melhoria de curvas verticais e horizontais, melhoria nos acessos aos bairros e implantação de rótulas em pontos críticos de tráfego.

Conservação

A Prefeitura já investiu mais de R$412 milhões, de 2013 até o momento, na requalificação da malha viária e pavimentação de novas vias de Salvador. Localidades como a Travessa Pajuçara, em Rio Sena, alças do viaduto Luiz Eduardo Magalhães e trechos das avenidas Paralela, Bonocô, Vasco da Gama, Garibaldi, D. João VI e Rua Conde de Porto Alegre (IAPI) tiveram pavimentações restauradas. Até o fim do ano anterior, 588 km de trechos haviam sido beneficiados com ações de recapeamento, o que vem trazendo mais segurança e qualidade ao trânsito da capital.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 − um =