Marina da Penha será requalificada para incrementar turismo

(Foto: Tatiana Azeviche)

A Marina da Penha, na Ribeira, será totalmente requalificada pelo Estado, ao custo estimado de R$ 21 milhões. O projeto executivo de requalificação será encaminhado em setembro, pela Secretaria do Turismo do Estado, ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), órgão que financiará a obra. Em seguida, será iniciado o processo de licitação.

Elaborado no âmbito do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), o Projeto de Requalificação da Marina de Penha prevê a construção de um prédio administrativo com lobby de espera, pontos de venda de roteiros e auditórios para transmissão de vídeos educativos sobre a Baía de Todos-os-Santos.

No local, também serão realizados eventos, haverá espaço para restaurante, café e serviços de internalização das embarcações (Polícia Federal e Polícia Militar Náutica) – e, ainda, um galpão destinado a 56 vagas secas, além de anexos (portaria, depósito de resíduos e ponto de controle do píer).

Na área externa marítima, está prevista a colocação de píeres flutuantes, com capacidade para 120 embarcações, rampa de acesso ao mar e travel lift, enquanto a área externa terrestre contempla estacionamento, pátio de serviços e vagas secas descobertas.

Reintegração

O governo da Bahia conseguiu na justiça decisão favorável para a reintegração da Marina da Penha, administrada pela concessionária KM7 Comércio e Serviços Ltda., que vinha descumprindo há tempos cláusulas contratuais ajustadas com o Estado. A reintegração de posse foi expedida pela 8ª Vara da Fazenda Pública, que determinou a desocupação e restituição do imóvel em um prazo de 72 horas aos atuais ocupantes do equipamento. Na decisão, a juíza Marivalda Almeida Moutinho autoriza, também, “caso seja necessário, o uso da força policial”.

Após a reintegração, o Estado da Bahia será responsável pela guarda e conservação das embarcações particulares existentes no local. Os proprietários poderão retirar as embarcações desde que apresentem documentação comprobatória de propriedade dos bens.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois × 3 =