Sesi reinaugura unidade de Itapagipe nesta quinta-feira

O Serviço Social da Indústria (Sesi) reinaugura nesta quinta-feira (12.7), às 17 horas, sua unidade no bairro de Itapagipe, que foi totalmente requalificada. A solenidade de reinauguração contará com a presença do presidente da Fieb  e do Conselho Regional do Sesi  Bahia, Ricardo Alban, e do Superintendente do Sesi Bahia, Armando Neto.

A unidade abriga a Escola Sesi Comendador Bernardo Martins Catharino e, com a reforma, também passa a contar com novos serviços. O principal é o Centro Esportivo Josair Santos Bastos, que inclui um ginásio de esportes e um campo society. Os serviços, para trabalhadores da indústria e para a comunidade, incluem práticas esportivas como hidroginástica, natação, ballet e pilates, além de academia, que já funcionava no local e foi totalmente modernizada.

Foram investidos R$ 13 milhões nas obras de requalificação. O investimento foi iniciado em 2014. A primeira etapa foi finalizada em 2015, com a entrega da Escola Comendador Bernardo Martins Catharino, que tem mais de 1200 alunos matriculados em turmas do Ensino Fundamental. Os estudantes e professores passam a contar com uma infraestrutura mais moderna e adequada para os desafios da educação contemporânea.

No Centro Esportivo, além da construção do campo society, as piscinas, academia e o ginásio de esportes foram reformados, bem como os quiosques de convivência.

UNIDADE AVANÇADA DO TEATRO SESI

Além do complexo que será inaugurado nesta quinta-feira, o v iniciou processo de licitação para as obras de requalificação do Centro Cultural Pedro Ribeiro Mariani Bittencourt. O espaço, que abriga um casarão histórico e ganhará um museu voltado para a ciência e inovação, também abrigará uma unidade avançada do Teatro SESI, que oferecerá serviços de cultura e arte à comunidade da Cidade Baixa, reforçando a atuação do centro cultural da unidade.

O Centro de Apoio à Inclusão do Sesi (Cais), que trabalha na educação e capacitação de pessoas com deficiência, também será reformado para ampliar o atendimento visando a inserção na vida produtiva e na preparação de docentes para trabalhar com estudantes que possuem transtorno global do desenvolvimento, altas habilidades e deficiência intelectual.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

20 − sete =