Capa > Atualidade > Renault Kwid recebe três estrelas em teste de colisão
O modelo, que se tornou um dos mais vendidos, foi avaliado em simulações de impactos frontal e lateral
O modelo, que se tornou um dos mais vendidos, foi avaliado em simulações de impactos frontal e lateral

Renault Kwid recebe três estrelas em teste de colisão

A sétima etapa de resultados de 2017 do Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe, o Latin NCAP, foi apresentada  com um resultado animador para o Renault Kwid. O modelo, que se tornou um dos mais vendidos no país, foi avaliado em simulações de impactos frontal e lateral. O Kwid mostrou ter proteção frontal adequada para o passageiro adulto, o que lhe rendeu três estrelas. Em relação a impactos laterais, ofereceu resguardo fraco no peito do adulto, porém suficiente para também alcançar as três estrelas sólidas na proteção deste ocupante. Quanto à simulação de impacto lateral, a estrutura do Kwid, combinada com o airbag do tórax lateral, não causou lesões com risco de vida nos bonecos adultos usados no teste.

Já as crianças receberam proteção adequada e boa nos testes de impactos frontal e lateral, devido, principalmente, ao uso de ancoragens Isofix e Top Tether nas cadeirinhas instaladas. O Renault Kwid fabricado no Brasil mostrou reforços estruturais adicionais e melhor desempenho na segurança em comparação com a versão fabricada na Índia e avaliada pelo Global NCAP do ano 2016.

O secretário-geral do Latin NCAP, Alejandro Furas, afirmou que “é bom ver quão rápido podem reagir os fabricantes em relação ao primeiro Kwid avaliado (versão fabricada na Índia e testada pelo Global NCAP) e esse Kwid brasileiro de três estrelas. É animador ver os fabricantes respondendo aos testes do Latin NCAP e do Global NCAP, bem como às preferências dos consumidores por uma maior segurança, mesmo nos modelos mais acessíveis. O mercado está reagindo antes e além dos requisitos governamentais”.

Alerta

O Latin NCAP faz um alerta a todos os governos da América Latina e do Caribe para que adotem, com urgência, os padrões de teste de impactos frontal e lateral da Organização das Nações Unidas (ONU), os padrões de controle eletrônico de estabilidade (ESC) e os requisitos de proteção a pedestres. “Enquanto isso, solicitamos que os testes do Latin NCAP sejam obrigatórios para todos os modelos do mercado, permitindo aos consumidores contar com informação clara sobre a segurança oferecida pelo carro que planejam comprar.”
.
Ricardo Morales Rubio, presidente da Comissão Diretiva do Latin NCAP, acredita que o resultado positivo do Kwid é outro claro exemplo da força dos consumidores. “Do Latin NCAP, elogiamos a Renault por tomar decisões para proporcionar melhor segurança, antes e além das regulações governamentais da América Latina e do Caribe. Esse resultado demonstra que os consumidores estão levando em conta os níveis de segurança dos automóveis quando compram um novo carro. Continuaremos a pressionar os governos para que bons níveis de segurança sejam obrigatórios e possam oferecer aos consumidores informação completa e independente sobre a segurança que proporcionam todos os automóveis no mercado”. A última série de resultados do Latin NCAP de 2017 será apresentada em dezembro.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × dois =

Share